Acontecimentos históricos do dia 16 de Janeiro

1962 - Falece Dario Paulo Schacht, com sete anos de idade, filho do casal pioneiro Rene Assela (nascida Martens) e Seni Edemar Schacht (...)

Menino Dario Paulo Schacht,  falecido em janeiro de 1962, filho do casal pioneiro do distrito de São Roque, Rene Assela e Seni Edemar Schacht. 
Imagem: Acervo Clarice Beatriz Schacht Fietz - FOTO 1  -
Menino Dario Paulo Schacht, falecido em janeiro de 1962, filho do casal pioneiro do distrito de São Roque, Rene Assela e Seni Edemar Schacht. Imagem: Acervo Clarice Beatriz Schacht Fietz - FOTO 1 -
Pioneiro toledano Arnoldo Bohen nascido em janeiro de 1929, na cidade gaúcha de Venâncio Aires.
Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 2 -
Pioneiro toledano Arnoldo Bohen nascido em janeiro de 1929, na cidade gaúcha de Venâncio Aires. Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 2 -
Jovens Liani Stein e Helio Bremm que se casaram em janeiro de 1982.
Imagem: Acervo João Ricardo Stein Bremm - FOTO 3 -
Jovens Liani Stein e Helio Bremm que se casaram em janeiro de 1982. Imagem: Acervo João Ricardo Stein Bremm - FOTO 3 -
Ricardo Silvio Chapla, diretor-presidente da Copagril discursando na solenidade de inauguração das ampliações da Unidade Copagril, em Margarida. 
Da esquerda para a direita: 1º - não identificado; Paulo Rodrigo Copetti, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon - ACIMACAR -;  vereador Adriano Cóttica; Márcio Buss, diretor-secretário da Copagril, Eloi Darci Podkowa, diretor vice-presidente da Copagril, Ricardo Silvio Chapla; Silvestre Cóttica, vice-prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon; e Leomar Rohden (Mano) vice-prefeito municipal de Pato Bragado. 
Imagem: Acervo Imprensa Copagril  - - FOTO 4 -
Ricardo Silvio Chapla, diretor-presidente da Copagril discursando na solenidade de inauguração das ampliações da Unidade Copagril, em Margarida. Da esquerda para a direita: 1º - não identificado; Paulo Rodrigo Copetti, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon - ACIMACAR -; vereador Adriano Cóttica; Márcio Buss, diretor-secretário da Copagril, Eloi Darci Podkowa, diretor vice-presidente da Copagril, Ricardo Silvio Chapla; Silvestre Cóttica, vice-prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon; e Leomar Rohden (Mano) vice-prefeito municipal de Pato Bragado. Imagem: Acervo Imprensa Copagril - - FOTO 4 -
Solenidade de descerramento da placa alusiva ao centenário do escritor toledano Oscar Silva, em janeiro de 2015. 
Na foto, prefeito Beto Luniti (camisa listrada branca) junto com famíliares do homenageado.
Imagem: Comunicação PM-Toledo - FOTO 5 -
Solenidade de descerramento da placa alusiva ao centenário do escritor toledano Oscar Silva, em janeiro de 2015. Na foto, prefeito Beto Luniti (camisa listrada branca) junto com famíliares do homenageado. Imagem: Comunicação PM-Toledo - FOTO 5 -
Espaço Oscar Silva  junto à Biblioteca Municipal, no Centro Cultural de Toledo.
Imagem: Acerco Comunicação PM-Toledo - FOTO 6 -
Espaço Oscar Silva junto à Biblioteca Municipal, no Centro Cultural de Toledo. Imagem: Acerco Comunicação PM-Toledo - FOTO 6 -
Escritor Oscar Silva,  em tela de Adriana Gressi 1999.
Imagem: Acervo Comunicação PM-Toledo - FOTO  7 -
Escritor Oscar Silva, em tela de Adriana Gressi 1999. Imagem: Acervo Comunicação PM-Toledo - FOTO 7 -
Ciclista Daniel Mensch Roth,  de Nova Santa Rosa, que realizou de bicicleta o trajeto de sua cidade até Curitiba. 
Imagem: Acervo GazetaWeb - FOTO 8 -
Ciclista Daniel Mensch Roth, de Nova Santa Rosa, que realizou de bicicleta o trajeto de sua cidade até Curitiba. Imagem: Acervo GazetaWeb - FOTO 8 -
Helio Dallgalo (e) gerente regional da Copel, em agenda com o prefeito municipal Marcio Andrei Rauber e vice-prefeito Ilário Hofstaetter comunicando o investimento da Copel numa nova estação na cidade. 
Imagem: Acervo Imprensa - PM-MCR - FOTO 89-
Helio Dallgalo (e) gerente regional da Copel, em agenda com o prefeito municipal Marcio Andrei Rauber e vice-prefeito Ilário Hofstaetter comunicando o investimento da Copel numa nova estação na cidade. Imagem: Acervo Imprensa - PM-MCR - FOTO 89-
Casa de madeira transportada do centro da cidade  de Marechal Cândido Rondon para o interior do município.
Imagem: Acervo AquiAgora.net - FOTO 20 -
Casa de madeira transportada do centro da cidade de Marechal Cândido Rondon para o interior do município. Imagem: Acervo AquiAgora.net - FOTO 20 -

=====================================================================================================

1929 - Nasce na cidade de Venâncio Aires (RS), Arnoldo Bohnen¹ que foi eleito vice-prefeito do município de Toledo, em 1977. Ele assumiu o Executivo em 15 de maio de 1982 e ficou no cargo até 31 de janeiro de 1983 (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo - Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009: 18). -- FOTO 2 --
 

¹Ao migrar para o Paraná, onde chegou em 26 de janeiro de 1971, instalou-se no atual município de Nova Santa Rosa, tempos depois  é nomeado subprefeito do distrito de Vila Cristal, quando ainda pertencia ao município de Toledo (nota do pesquisador).  

_________________________________

1958 - "O vereador Clecio Zenni¹ é empossado presidente da Câmara Municipal de Toledo" (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo - Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Roledo: GFM Gráfica & Editora, 2009: 18).
 

¹ Casou com a rondonense Hanelore Guthof (nota do pesquisador). 

____________________________________

1962 - Falece Dario Paulo Schacht, com sete anos de idade, vítima de leucemia. Era filho do casal pioneiro Rene Assela (nascida Martens) e Seni Edemar Schacht, chegou de mudança ao distrito de São Roque, no município de Marechal Cândido Rondon, 17 de março de 1960. 

O menino foi a primeira pessoa a ser sepultada no cemitério público da atual sede distrital de São Roque (nota do pesquisador). -- FOTO 1--

____________________________________

1974 - Com o título "Construção para Administração", a Rádio Difusora Rondon AM noticia que a Cooperativa Agrícola Mista Rondon Ltda. (COPAGRIL), agora Cooperativa Agroindustrial Copagril, irá ampliar o centro administrativo e destaca, na mesma nota, outros assuntos vinculados à cooperativa:
 

" O pavilhão de administração da Copagril será ampliado, visando proporcionar aos senhores associados um serviço mais rápido, dentro de ambiente de  grande conforto, tanto para funcionários como a pessoa que esteja sendo servida. 

A ampliação do escritório da Copagril já se fazia necessário há algum tempo e agora, o presidente Sr. Arlindo Alberto Lamb mandou executar o serviço, inclusive para tornar menos demorado, está usando de mão de obra (sic) de fora do município para adiantar os trabalhos. Da presidencia (sic) da Copagril soubemos hoje que seguiu viagem à (sic) São Paulo o Sr. Rui Schimmel¹, Chefe dos Serviços administrativos da empresa, com a finalidade de tomar conhecimento da programação da maquina (sic) eletrônica adquirida pela Copagril, que irá operar já durante a safra de soja. A máquina de alto custo, será operada através de programação especial, cuja gravação durará por um período de 90 dias para ficar pronta. O Banco Internacional de Desenvolvimento², BID, ainda não confirmou o dia da visita de membros da sua diretoria à (sic) Marechal Cândido Rondon, especialmente à direção da Copagril, para conhecimento dos sistema de trabalho organizado e mantido como môdelo (sci). Dias 17 ou 18 serão as datas em que a Cooperativa pela sua diretoria e pessoal de administração estarão hospedando gente importante que virão com a finalidade de tomar conhecimento do trabalho que vem sendo e servindo de modelo não somente no estado, com um exemplo dado sempre pelo Banco Central em todos os setores. É uma tranquilidade saber que tal fato é registrado em nosso meio" (VIANNA, Dirceu da Cruz. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora Rondon AM, vol. 019, de 21.09.73 a 04.03.74, ed. 16.01.1974, p. 403).


¹ Rui Schimel (nota do pesquisador).
 

² Banco Interamericano de Desenvolvimento (idem)

____________________________________

1976 – Começa a nova sistemática de pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, via banco, através da agência do Banco Bradesco local. Antes, os funcionários recebiam seus salários via pagamento feito pela tesouraria da Prefeitura (nota do pesquisador).

_______________________________

1976 Assume a subgerência da agência de Marechal Cândido Rondon, do Banco do Brasil, o senhor Néri Vizzatto, procedente da cidade gaúcha de Marcelino Ramos (nota do pesquisador).

______________________________

1982 - Casam-se na Matriz Católica Cristo-Rei, da atual cidade de Entre Rios do Oeste (PR), os jovens Liani Stein e Helio Bremm. Ela filha do casal Clarice (nascida Vogt) e João Natálio Stein; e ele filho de ...(nota do pesquisador). -- FOTO 3 --

_____________________________________

1989 - O suplente de vereador Guido Herpich, por seu advogado Ulices Pizzatto, impetra mandado de segurança contra o vereador Pedro Rauber¹, presidente da Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon, por não dar-lhe posse em substituição ao vereador Celso Weiss (Padeiro) que assumiu a secretaria municipal de Viação e Obras. 

A liminar deferida concede prazo de 15 dias para o presidente da Câmara dar posse ao vereador suplente (LEDUC, Lincoln. Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, ed. 17.01.1989, fls. 90).
 

¹ Por desentendimentos com a coligação de partidos que o elegeu, Pedro Rauber é eleito presidente da Edilidade rondonense com os votos dos vereadores da oposição e, doravante, se mantém durante o mandato como oposicionista em relação ao prefeito municipal Dieter Leonard Seyboth (nota do pesquisador).

____________________________________

2015 - Acontece a solenidade de inauguração das ampliações da Unidade de Recebimento e Armazenamento de Grãos da Copagril, nas proximidades da sede distrital rondonense de Margarida (nota do pesquisador). -- FOTO 4 --

_____________________________________

2015 - A cidade de Toledo (PR) presta homenagem ao escritor, político e jornalista Oscar Silva, na comemoração do centenário de seu nascimento, com inauguração de uma placa alusiva na Biblioteca Pública, no espaço destinado às obras e à história do literato, junto ao Centro Cultural.

Nascido em Santa do Ipanema, Alagoas, Oscar Silva viveu a maior parte de sua vida no Oeste do Paraná.

Por ocasião da inauguração de espaço especial para abrigo da história e obras do literato, na Biblioteca Pública Municipal, a Prefeitura Municipal de Toledo (PR), divulgou a seguinte nota biográfica:

 

" (...)Também conhecido por “Pau-de-Arara” e “Velho Guerreiro”, Oscar Silva nasceu em Santana do Ipanema, no Alagoas, em 16 de janeiro de 1915. Foi integrante da Polícia Militar e tomou parte no combate ao banditismo, na época sob chefia do Lampião (Virgulino Ferreira da Silva). Em 1945 ingressou no Serviço Público Federal como postalista dos Correios e Telégrafos. No mesmo ano passou para o Ministério da Fazenda como Escrivão da Coletoria Federal. O cargo foi conquistado com excelentes notas, após meses de estudo autodidata durante as madrugadas, pois não possuía nenhuma formação, nem mesmo o primário. Já o horário dos estudos se dava por conta do expediente diário nos Correios.

Também em 1945 iniciou suas atividade literárias com a publicação do livro “Asas para o Pensamento”. Já na política, foi suplente de deputado estadual por Alagoas pelo Partido Comunista Brasileiro, ficando preso em 1947 devido à cassação do registro daquele partido. Em 1954 foi eleito vereador pelo Partido Trabalhista Brasileiro de Coronel Fabriciano em Minas Gerais, passando a liderar a bancada.

Morou e sempre foi ativo na participação política das cidades mineiras de Coronel Fabriciano, Resplendor e Mantena, onde foi nomeado Coletor Federal. Veio para Toledo em 1963, apesar de sua transferência ter saído para Cascavel, por ter sido, conforme ele mesmo costumava dizer, “amor à primeira vista”.

Em 1967 foi um dos fundadores do antigo MDB toledano e, no ano seguinte, foi eleito como o primeiro presidente da APM do Colégio La Salle. Afastado – em disponibilidade – da Coletoria Federal, Oscar Silva ingressou nos quadros da Coopagro, onde exerceu o cargo de chefe de pessoal, de 1970 a 1973. A partir de 1976, por convite do então presidente da Câmara Municipal, Ivo Roque Pedrini, assumiu a diretoria geral do Legislativo por dois anos e meio.

Como militante da imprensa foi redator-chefe dos jornais “A Voz do Oeste” e “Nova Geração” sendo ainda, colaborador dos jornais “Hoje” e “O Paraná” de Cascavel. No campo literário publicou os livros “Água do Panema”, um romance de costumes nordestinos, “Semente de Paraíso”, que trata de uma peça teatral sobre cooperativismo, “Sete Caras”, um livro de contos e “Toledo Existe”, de crônicas.

Como gerente do Projeto História de Toledo, desde 1983, coordenou a elaboração e publicação dos livros: “Toledo: Terra e o Homem”, “Cartilha de Toledo”, “Toledo e seus Distritos” e “Toledo e sua História”. No prelo (diz-se do livro que se acha na tipografia, prestes a ser publicado), deixou ainda o livro de memórias: “Eu vi os Pedaços de Lampião”.

Na vida política toledana vale destacar os 45 dias que assumiu como vereador, pela legenda do MDB onde era suplente. Nesses poucos dias, foi o vereador mais produtivo daquela Legislatura, proporcionalmente aos demais.

Em Toledo passou pela experiência de agropecuarista, construindo a fazenda-modelo “Santa Júlia”. No entanto, não obteve êxito comercial, o que se explica com o fato de que na época ainda não vicejava a cultura da soja e Oscar Silva, pelo seu exacerbado romantismo, deixou a atividade materialista da produção. Graças a isso, Toledo perdeu um produtor, porém ganhou um cidadão dedicado integralmente às causas culturais.

Membro do Conselho Municipal de Cultura, desde sua criação em 1974, Oscar Silva representou Toledo em congressos, simpósios e encontros de caráter cultural em diversas praças do país.

Morou sempre na mesma casa desde quando aqui chegou com sua numerosa família composta da sua esposa Dona Gildanira e dos filhos Asclepíades, Sócrates, Pitágoras, Júlia, Aristóteles, Astrogildo, Gildete, Gilsônia e Arquimedes.

Amou tanto este torrão paranaense que a sua maior preocupação era a de morrer longe daqui, o que o levava a pedir sempre aos filhos e à esposa que, caso isso ocorresse, queria ser enterrado – como seu último desejo – em meio aos seus amigos pioneiros toledanos. Oscar Silva faleceu no dia 10 de setembro de 1991 e repousa, como sempre desejou, entre velhos companheiros de lutas toledanas.

Atividades em Toledo

Oscar Silva sempre participou de diversas atividades públicas e sociais em Toledo. Foi presidente da APM do La Salle, um dos fundadores do Rotary, vice-presidente do Clube do Brasil, redator chefe do jornal “A Voz do Oeste”, chefe de pessoal da Coopagro (Gestão Ralf Maas), presidente da APP do Dario Vellozo, redator chefe do Jornal “Nova Geração”. suplente de vereador, presidente e um dos fundadores do Conselho Municipal de Cultura, além de ser um dos estruturadores da Casa da Cultura.

No jornalismo trabalhou também no Jornal de Alagoas, Gazeta de Alagoas, Diário do Povo (Maceió), Folha do Vale (Coronel Fabriciano), A Voz de Mantena, Diário do Oeste (Cascavel), A Voz do Oeste, Nova Geração, Geração em Revista e Recado. -- FOTOS  5, 6 e 7 --

____________________________________

2018 - Matéria publicada pelo jornal O Presente informa que o curso de Direito da Unioeste - campus de Marechal Cândido Rondon alcançou o melhor desempenho do Brasil entre as faculdades e universidades brasileiras, no 23º Exame da OAB, em pesquisa concluída em julho de 2017 (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 16.01.2018, p. 13). 

___________________________________

2018 - Reportagem do jornal O Presente relata que o jovem nova-santa-rosense Daniel Mensch Roth pedalou com uma Caloi 10 Speed, de Nova Santa Rosa até a cidade de Curitiba, percorrendo cerca de 630 quilômetros (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 16.01.2018,p. 27). -- FOTO 8 --

____________________________________

2018 - Reassume o governo municipal de Quatro Pontes, o prefeito municipal João Laufer, após período de férias, tempo em que foi substituido pelo vice-prefeito professor Tiago Hansel (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 19.01.2018, p. 03). 

____________________________________

2018 - Informação dada pelo gerente do Escritório Regional de Marechal Cândido Rondon, Hélio Dallgalo, detalhe que a Copel investirá 30 milhões de reais no município, na construção de uma nova subestação (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 19.01.2018, p. 30). -- FOTO 9 --

____________________________________

2020 - Como tantas vezes já ocorreu, no começo da manhã mais uma casa de madeira foi transportada de caminhão para o interior do município de Marechal Cândido Rondon. A moradia foi retirada à Rua 15 de Novembro e levada para a Linha Concórdia, passando por ruas da cidade de Marechal Cândido Rondon.

Ver vídeo, clique aqui.

______________________________________

2022 - O sábado amanheceu de céu parcialmente nubalado, com temperatura miníma de 22 graus. Ao longo do dia, as temperaturas se elevaram muito chegando ultrapassar aos 40 graus Celsius. Termômetros digitais na área central chegaram marcar temperatura pontual de 48 graus, por volta das 15:30 horas.

O Oeste do Paraná era atingido pelo forte onda calor que há dias atingia o Rio Grande do Sul (a cidade de Bagé chegou a 41,7 graus), Santa Catarina, Uruguai, área norte da Argentina, e a porção sul do Paraguai. 

Ventos do quadrante Nordeste em Marechal Cândido Rondon. Após o meio dia ocorreu a formação de nuvens de chuva e pancadas de chuvas aconteceram em áreas próximas do município (nota do pesquisador). -- FOTO 10 --

_________________________________________

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados