Deprecated: __autoload() is deprecated, use spl_autoload_register() instead in /home/memoriar/public_html/index.php on line 2
Acontecimentos históricos do dia 4 de Outubro - Memória Rondonense

Acontecimentos históricos do dia 4 de Outubro

1954 – Chega de mudança em Marechal Rondon, o casal pioneiro Olga (nascida Stefanoski) e Daniel Boroski, com os filhos Artur, Herbert, Geraldo, Ervino e Edgar (...)

Pioneiro Daniel Borovski e esposa Olga e filhos.
Imagem: Acervo Marcelo Boroski - FOTO 1 -
Pioneiro Daniel Borovski e esposa Olga e filhos. Imagem: Acervo Marcelo Boroski - FOTO 1 -
Senhoras luteranas fundadoras do Departamento de Servas de Cristo, da Congregação Cristo de Marechal Cândido Rondon.
Da esquerda à direita: Pastor Christiano Joaquim Steyer, Adelina Hintz, Ana Tilp, Elza Wengrat. Sentadas: Hulda Reschke, Lidia Sochinske, Marta Sippert e Olga Reschke
Imagem: Acervo Lidia Agnez Glitz Sander - FOTO 2 -
Senhoras luteranas fundadoras do Departamento de Servas de Cristo, da Congregação Cristo de Marechal Cândido Rondon. Da esquerda à direita: Pastor Christiano Joaquim Steyer, Adelina Hintz, Ana Tilp, Elza Wengrat. Sentadas: Hulda Reschke, Lidia Sochinske, Marta Sippert e Olga Reschke Imagem: Acervo Lidia Agnez Glitz Sander - FOTO 2 -
Hotel Cataratas com vistoso rosa-branco, em foto de 1966.  Hotel Cataratas 1966.
O veículo Simca Chambord  era de propriedade da Sra. Edith Manganelli , esposa do saudoso Irio Manganelli
Imagem: Acervo Walter Dysarsz - FOTO 3 -
Hotel Cataratas com vistoso rosa-branco, em foto de 1966. Hotel Cataratas 1966. O veículo Simca Chambord era de propriedade da Sra. Edith Manganelli , esposa do saudoso Irio Manganelli Imagem: Acervo Walter Dysarsz - FOTO 3 -
Hotel Cataratas e sua localização previlegiada dentro do Parque Nacional do Iguaçu. 
Imagem: Acervo https://www.iguassu.com.br/blog - FOTO 4 -
Hotel Cataratas e sua localização previlegiada dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Imagem: Acervo https://www.iguassu.com.br/blog - FOTO 4 -
O pioneiro Ivo Krummenauer com pai, esposa e filhos saindo de mudança de Marcelino Ramos (RS) com destino à cidade de Marechal Cândido Rondon. 
Da esquerda à direita: Alfredo Albino Krummenauer(pai), Lone, Nélia, Ivo Krummenauer, Leonida (esposa), e Célia. 
Imagem: Acervo da família - FOTO 5  -
O pioneiro Ivo Krummenauer com pai, esposa e filhos saindo de mudança de Marcelino Ramos (RS) com destino à cidade de Marechal Cândido Rondon. Da esquerda à direita: Alfredo Albino Krummenauer(pai), Lone, Nélia, Ivo Krummenauer, Leonida (esposa), e Célia. Imagem: Acervo da família - FOTO 5 -
Capa da 1ª edição do jornal rondonense O Presente.
Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 6 -
Capa da 1ª edição do jornal rondonense O Presente. Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 6 -
Casal Elli (nascida Arndt) e Alfredo Krause na comemoração das Bodas de Ouro, na cidade de Pato Bragado.
Imagem: Acervo Clecio Krause - Naranjal - Paraguai - FOTO 7 -
Casal Elli (nascida Arndt) e Alfredo Krause na comemoração das Bodas de Ouro, na cidade de Pato Bragado. Imagem: Acervo Clecio Krause - Naranjal - Paraguai - FOTO 7 -
Painel iconográfico junto ao presbitério da Igreja Maria - Mãe da Igreja, no Bairro Botafogo, em Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 8 -
Painel iconográfico junto ao presbitério da Igreja Maria - Mãe da Igreja, no Bairro Botafogo, em Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 8 -
Cartaz da 21ª Oktoberfest de Pato Bragado.
Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 9 -
Cartaz da 21ª Oktoberfest de Pato Bragado. Imagem: Acervo Memória Rondonense - FOTO 9 -
Jacir José Dariva, presidente para o biênio 2019/2020, da Associação Paranaense de Suinocultores, que tomou posse em outubro de 2019.
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 10 -
Jacir José Dariva, presidente para o biênio 2019/2020, da Associação Paranaense de Suinocultores, que tomou posse em outubro de 2019. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 10 -
Comissão com os vencedores do 2º Concurso de Vídeo Amador do Jovem Empreendedor.
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 10 1-
Comissão com os vencedores do 2º Concurso de Vídeo Amador do Jovem Empreendedor. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 10 1-

======================================================================================================

1954 – Chega de mudança em Marechal Rondon, o casal pioneiro Olga (nascida Stefanoski) Daniel Borowski, com os filhos Artur, Herbert, Geraldo, Ervino e Edgar, procedente da Linha Pratos, município de Santa Rosa (RS).  A família fixou residência à Rua Santa Catarina, numa casa madeira, ao lado do Edifício Port. 

Olga e Daniel são imigrantes alemães, vindo de antigos territórios germânicos na Polônia, com chegada no Porto de Santos.

Em Marechal Cândido Rondon, a família com ferraria e construção de carroças. O estabelecimento ficava onde hoje se encontra o Edifício Port. 

Na cidade paranaense, o casal teve importantes participações em atividades culturais e comunitárias. O senhor Daniel Borowski por muitos anos foi presidente da Comunidade Evangélica Martin Luther. -- FOTO 1 --

_________________________________

1956 - Sob a orientação do pastor Christiano Joaquim Steyer, é fundado o Departamento de Servas de Cristo junto a Congregação Cristo (IELB), de Marechal Cândido Rondon (colaborou Lidia Glitz Sander). -- FOTO 2 --

_______________________________________

1958 - É inaugurado o famoso Hotel Cataratas¹, na cidade Foz do Iguaçu, ao lado das Cataratas do Iguaçu. As obras da fascinante construção, na sua tradicional pintura rosa-branco, começaram no ano de 1939, logo depois interrompidas devido a Segunda Guerra Mundial e retomadas dez anos depois.

Antes existia no local um hotel em madeira, desaparecido num incêndio (PRATES, Rogério Pires. A evolução histórica do Parque Hoteleiro de Foz do Iguaçu, in: Ciências Sociais em Perspectiva, Unioeste, campus de Foz do Iguaçu,  2006, p. 71. Disponível em: <clique aqui>). Acesso em 16.04.2020). -- FOTOS  3 e 4 --


¹ A inauguração foi prestigiada pelo presidente brasileiro Juscelino Kubitschek de Oliveira e pelo presidente paraguaio, Alfredo Stroessner (nota do pesquisador).
 

No texto adiante se têm um esboço histórico mais detalhado do bem avaliado hotel: 

Hotel das Cataratas: Um Hotel cor de rosa e branco, em paz com a natureza

O Hotel das Cataratas, inaugurado em 1958, é parte da paisagem oficial do Parque Nacional do Iguaçu. Ele foi projetado pelo arquiteto mineiro Ângelo Murgel para se misturar com a natureza e permitir o nascimento de um estilo arquitetônico brasileiro entre o rural, o natural e o moderno.

Não é à toa, que algumas reportagens tenham chegado a dizer que o hotel foi a sede de uma antiga fazenda de café do Paraná. Longe da verdade. O hotel foi construído para ser um hotel.

Murgel foi um pioneiro. Em 1937, o arquiteto foi contratado pelo Serviço Florestal do Ministério da Agricultura. Na época, o ministério era o responsável pelo meio ambiente no Brasil em relação a florestas e preservação ambiental. Por coincidência, o primeiro parque nacional do Brasil foi criado por decreto do presidente Getúlio Vargas em junho daquele ano. Em 1939, Getúlio Vargas, o presidente dos parques nacionais, criou, também por decreto, o Parque Nacional do Iguaçu, o segundo no Brasil. E qual era a missão de Murgel para o Serviço Florestal? Fácil: projetar as sedes administrativas dos dois primeiros parques do Brasil.

O projeto

Para o Parque Nacional do Iguaçu ele desenhou e projetou a sede administrativa da Unidade de Conservação, o então Aeroporto do Parque Nacional do Iguassú (escrita da época, válida até as reformas ortográficas de 1943 e 1945), a residência do diretor e, aí entra nosso ator principal, “um hotel”, diante das Cataratas. Os quatro prédios continuam em pé e com saúde. Porém, dos quatro, o mais conhecido é o Hotel das Cataratas, cuja imagem de paraíso, cor de rosa e branco, continua na cabeça de milhões de pessoas que visitam as Cataratas, quer tenham se hospedado nele ou só passado por ele.

O presidente Getúlio Vargas apostou nos parques nacionais tanto para preservar as florestas e paisagens brasileiras como para incentivar o turismo que já começava a atrair a atenção de viajantes e empreendedores. O governo começou a agir logo após a criação dos parques mas, em 1939, estourou a Segunda Guerra Mundial que duraria até 1945.

2ª Guerra Mundial

Mesmo em plena Segunda Guerra, em 1941, foi inaugurado o edifício do Aeroporto do Parque Nacional do Iguassú. É digno de nota que o Aeroporto do Parque Nacional não foi construído dentro da área de conservação. Concluído muito antes do Hotel das Cataratas, o Aeroporto desenhado por Murgel, recebia os passageiros que desembarcavam na pista de chão batido e se hospedavam no Hotel Cassino, atual sede do Senac, na Praça Almirante Tamandaré ou Praça da Marinha, concluído na mesma época pelo Governo do Paraná. Foi uma parceria entre o Estado e a União.

Os dias de glória do Hotel Cassino duraram até a proibição dos cassinos em 1946. Com o fim dos locais de apostas, a atenção do Governo Federal se voltou para as Cataratas e o esforço de construir o Hotel das Cataratas, o que ocorreu só nos anos 50. Finalmente, o Hotel foi inaugurado em 4 de outubro de 1958.

A construção e transformação em Belmond

Segundo o projeto, o hotel foi definido como “um bloco horizontal, em dois pavimentos, interrompido por torre de marcação vertical, com vista privilegiada para as Cataratas do Iguaçu”. O prédio foi composto a partir de um partido em “U”, com os quartos dispostos ao longo do conjunto. A hospedagem era privilegiada pela visão direta para as Cataratas e pela área de lazer, aos fundos, contígua à reserva florestal.

Porém, muito antes da inauguração, o Governo Federal já trabalhava para definir quem administraria o novo hotel pertencente ao Patrimônio Imobiliário da União pelo sistema de concessão. No Diário da União da sexta-feira, 19 de outubro de 1955, foi publicado o edital de concorrência na busca de interessados a futuros concessionários. Por pouco tempo a administração do hotel ficou sob a responsabilidade de uma empresa hoteleira nacional. Mas logo depois a empresa desistiu do compromisso. No começo de 1960, o jornal O Correio da Manhã, noticiou que o controle do hotel passava uma empresa de transportes que respondia pelo nome de Redes Estaduais Aéreas (REAL) Ltda. de São Paulo. A Real fez parte da história da aviação do Brasil até que ainda em 1960, a Real foi adquirida pela Varig.

O controle do hotel, após negociações com o Patrimônio da União e o Ministério da Agricultura continuou com a Varig, por meio da subsidiária Rede Tropical de Hotéis até 2007. Nesse ano, o gerenciamento do Hotel das Cataratas passou, após licitação promovida pelo Governo Federal, para a administração sucessiva das redes Orient Express e Belmond. No final de 2018, foi anunciada a compra da Rede Belmond com sede em Londres pela Louis Vuitton, empresa global fundada por Louis Vuitton Moët Hennessy com sede mundial em Paris.

“A obra”

Voltando ao prédio cor de rosa produzido pela prancheta de Ângelo Murgel, o que talvez mais se destaca nele, além de estar em frente às Cataratas do Iguaçu, são os conceitos pioneiros das obras do arquiteto. Fabio Jose Martins de Lima, escreve na revista Urbana do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade que o estilo do arquiteto “preconizava um anti-urbanismo ou até uma desurbanização em favor dos ambientes naturais”. É esse charme que tanto hóspedes como visitantes das Cataratas e do Parque Nacional continuam admirando após 60 anos da inauguração do Hotel das Cataratas.

Além das obras no interior do Parque Nacional do Iguaçu e no centro de Foz do Iguaçu no caso do antigo Aeroporto do Parque Nacional do Iguassú, seguidores do mestre Murgel, continuam estudando e admirando trabalhos como o projeto para a Penitenciária Agrícola de Minas Gerais, em 1932, a proposta do concurso para Monlevade (MG), em 1934 e o projeto para o campus da Universidade Rural, em 1938 (In: iguassu.com.br/blog. Acesso em 15.04.2020).

_______________________________ 

1968 - Chega de mudança em Marechal Cândido Rondon  o casal pioneiro Ivo e Leonida Krummenauer, com os filhos Célia, Nelia, Lone, Nelvi e Airton,  procedente da cidade de Marcelino Ramos (RS). A viagem começou no dia 29 de setembro (informação Lone Richter).  -- FOTO 5 -- 

_______________________________

1973 - Com a manchete: "O asfaltamento da Avenida Maripá", a Rádio Difusora Rondon AM destaca com a seguinte nota o processo de incío de pavimentação dessa avenida central na cidade de Marechal Cândido Rondon

" O trabalho sob a administração direta da prefeitura municipal visando o asfaltamento da avenida (sic) Maripá deu início no dia de ontem, com o maquinário trabalhando na terraplanagem. O rôlo (sic) compressor iniciou o serviço de compactação do solo que receberá a primeira camada de pedra brevemente. O sr. Auri Osmar Zart, técnico em asfaltamento do Departamento de Obras da Prefeitura lamentou sobre as últimas chuvas que muito atrapalharam o serviço. 
Os trabalhos finais das duas quadras da rua São Paulo vão para a fase final com capeamento e também, uma quadra da sete de setembro, lado sul da avenida (sic) Rio Grande do Sul está em andamento. Caso não sejam prejudicados os trabalhos na Maripá por causa de chuvas, o serviço será levado em ritmo acelerado" (VIANNA, Dirceu da Cruz. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon AM, vol. 019, cad. 21.09.73 a 03.04.74, ed. 04.10.73,  p. 45).

Ver mais, clique aqui.

_____________________________________

1973 - O auge da produção de trigo¹ no Oeste do Paraná, na década de 1970, é traduzida nesta matéria produzida pela Rádio Difusora AM, de Marechal Cândido Rondon:  

" A chuva atrapalhou bastante e se voltar poderá atrapalhar muito mais na colheita do trigo em nossa região e o grau de umidade é bastante alto, foram as palavras do engenheiro agronomo (sic) Argeu Kerber da Copagril na manhã de hoje. Como autoridade no assunto, o engenheiro Kerber falou sobre o fator de rendimento, apontando como os melhores os tipos Paraguai 214 e BH 11.46, de trigo plantado em nossa região, especialmente na área da Copagril.- De outro lado, o sr. Rui Schimmel contou à respeito do recebimento que está se iniciando e vem subindo gradativamente.- Dia 2 foram procedidas a descarga de 50 caminhões; dia 3, 70 cargas e a previsão para hoje é de acima de 120 cargas.- O movimento dos secadores é intenso, dado o grau de umidade do produto que vem sendo recebido. A qualidade, segundo o Engenheiro (sic) Argeu é ótima bem como o rendimento do produto.- O movimento de descarga poderá ser intensisificado com o decorrer dos dias é o que tudo faz crer, pois todos têm medo de novas mudanças no tempo e que a chuva possa  chegar a qualquer instante
Na manhão de hoje quando a nossa reportagem esteve na Cooperativa, mais de cinquenta caminhões estava, na fila e muitos já haviam sido descarregados. O trabalho montado para o recebimento do trigo, movimenta quase que a totalidade dos funcionários da Copagril, em ritmo cada vëz (sic) mais crescente. 
Ainda voltaremos a falar sobre o trigo (VIANNA, Dirceu da Cruz. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon AM, vol. 019, cad. 21.09.73 a 03.04.74, ed. 04.10.73,  p. 47).

¹ A partir da final da década de 1970 o cultivo do trigo foi gradativamente perdendo importäncia devido a forte competição do trigo argentino (nota do pesquisador).

__________________________________.

1991 -  Circula a primeira edição do jornal O Presente, de Marechal Cândido Rondon (O Presente – jul 2014). -- FOTO 6 -- 

____________________________________

1997 - Comemora Bodas de Ouro, em Pato Bragado,  o casal pioneiro rondonense Elli(nascida Arndt) e Alfredo Krause  - Informação de Clecio Krause). -- FOTO 7 -- 

 Ver histórico, clique aqui.            

______________________________

1998 -  Acontece eleições para Presidente da República, senador, deputado federal, governador e deputado estadual. Pela cidade de Marechal Cândido Rondon concorrem a deputado estadual, Elio Rusch,  reeleito com 35.146 votos; e Ademir Antonio Osmar Bier é eleito com 23.389 sufrágios (nota do pesquisador).

_______________________________

1998 - O empresário toledano Dilceu Sperafico é eleito para o segundo mandato de deputado federal, com 78.540 votos (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: Gráfica e Editora GFM, 2009. p. 223).

____________________________________

2014 – Acontece a inauguração da pintura iconográfica sacra do altar da Igreja matriz da Paróquia Maria Mãe da Igreja, do Jardim Botafogo. A iconografia foi produzida pelo artista maringaense  Antonio Batista de Souza Júnior (O Presente). -- FOTO 8 -- 

_______________________________

2015 - Acontecem eleições para os conselhos tutelares de Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon, Maripá,  Mercedes, Nova Santa Rosa e Pato Bragado (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 06.10.2015, p. 24 e 25).

_______________________________

2019 - Começa a agenda programática de eventos da 21ª Oktoberfest da cidade de Pato Bragado (nota do pesquisador). -- FOTO 9 --

____________________________________

2019 - Em cerimônia e jantar festivo na sede social da Associação Atlética Cultural Copagril, acontece a posse da diretoria da Associação Paranaense de Suinocultores (APS) para o biênio 2019/2020, com a recondução ao cargo de presidente do suinocultor Jacir José Dariva, da cidade de Itapejara d'Oeste (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 04.10.2019, p. 16). -- FOTO 10 -- 

______________________________________

2019 - São conhecidos os cinco vídeos vencedores do 2º Concurso de Vídeo Amador Jovem Empreendedor, promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (ACIMACAR) e Conselho do Jovem Empreendedor (COJEM). 

Os finalistas do projeto foram: Gabriela Luiza Osmarini, Maria Eduarda Müller Amorin e Milena Enamuele Bortolon, do Colégio Alfa Marechal; Murilo Felipe Fröhlich Knebel, Nicolas Iago Moraes de Oliveira e Victor Bruno Luchtenberg, do Colégio Estadual Antonio Maximiliano Ceretta; Letícia Vogt, Maryana Dorneles D'Ávila e Taiza Sosmeier Leismann, do Colégio Evangélico Martin Luther; Emily Vitória Walhbrink de Souza, Marcela Gabriela Bertazzo Jaber e Monique Gabriele Galvão, do Colégio Estadual Marechal Cândido Rondon; e Ana Flávia Tiz Candelora, Nicoli Gabrieli Genovay e Luana Ferreira de Maria, do Colégio Estadual Paulo Freire (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 08.10.2019, p. 23). -- FOTO 11 --

______________________________________

 

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados