Acontecimentos históricos do dia 17 de Dezembro

1.904 - Nasce a Irmã Sérvia Baldy, da Congregação das Missionárias Servas do Divino Espírito Santo, na região da Silésia, Alemanha (hoje pertencente à Polônia) ...

Nasce a Irmã Sérvia Baldy, das Missionárias Servas do Divino Espírito Santo, foi a segunda diretora do então Educandário Sagrado Coração de Jesus, de Quatro Pontes. 
A religiosa faleceu no dia 02 de novembro de 1991 e está sepultada junto a Casa da congregação em Ponta Grossa.
Imagem: Acervo da congregação - FOTO 1 -
Nasce a Irmã Sérvia Baldy, das Missionárias Servas do Divino Espírito Santo, foi a segunda diretora do então Educandário Sagrado Coração de Jesus, de Quatro Pontes. A religiosa faleceu no dia 02 de novembro de 1991 e está sepultada junto a Casa da congregação em Ponta Grossa. Imagem: Acervo da congregação - FOTO 1 -
Professor João Maria Mechia e técnico bi-campeão da seleção masculina de handebol , que esteve em Marechal Rondon, em 17 de dezembro de 1977. 
Imagem: Acervo pessoal  - FOTO 2 -
Professor João Maria Mechia e técnico bi-campeão da seleção masculina de handebol , que esteve em Marechal Rondon, em 17 de dezembro de 1977. Imagem: Acervo pessoal - FOTO 2 -
Richa Richa, ex-governador do Paraná, falecido em dezembro de 2003. 
Imagem: Acervo Bem Paraná - FOTO 3 -
Richa Richa, ex-governador do Paraná, falecido em dezembro de 2003. Imagem: Acervo Bem Paraná - FOTO 3 -
Pioneiro Luiz Mosconi, do distrito de Iguiporã com a esposa Negibe Bianchessi, falecido em dezembro de 2016.
Imagem: Acervo da Família - FOTO 4 -
Pioneiro Luiz Mosconi, do distrito de Iguiporã com a esposa Negibe Bianchessi, falecido em dezembro de 2016. Imagem: Acervo da Família - FOTO 4 -
Atletas da Associação  Rondonense de Bicicross tricampeões estaduais, classificação obtida em dezembro de 2016.
Imagem: Acervo www.olhonabola.com.br/secao_noticias/12 - FOTO 5 -
Atletas da Associação Rondonense de Bicicross tricampeões estaduais, classificação obtida em dezembro de 2016. Imagem: Acervo www.olhonabola.com.br/secao_noticias/12 - FOTO 5 -
Pioneiro rondonense Orlando Rieger falecido em dezembro de 2017. 
Imagem: Acervo da família - FOTO 6 -
Pioneiro rondonense Orlando Rieger falecido em dezembro de 2017. Imagem: Acervo da família - FOTO 6 -

1.904 - Nasce a Irmã Sérvia Baldy, da Congregação das Missionárias Servas do Divino Espírito Santo, na região da Silésia, Alemanha (hoje pertencente à Polônia) e que foi a segunda diretora do então Educandário Sagrado Coração de Jesus, de Quatro Pontes.

___________________________________

1969 -  São declaradas de utilidade pública federal: o Rotary Club, Lions Club e a Casa da Amizade das Senhoras Rotarianas, por decreto assinado pelo presidente da República General Emilio Garrastazu Médici.

____________________________________

1970 -  É assassinado o rondonense Mamuth Ismail Sheade, de ascendência árabe.

____________________________________

1974 – É inaugurada a nova rede de telefones da então Telepar, na sede municipal de Mal. C. Rondon. Antes, a rede de telefones da cidade era administrada pela Prefeitura Municipal, que acabou passando a prestação de serviços a extinta empresa estatal (Nota do pesquisador).

____________________________________

1974 – É fundada a Sociedade Médica Rondonense, sob a presidência do médico cardiologista Roberto Schuster. 

_______________________________

1977 - Acontece a fundação da Frimesa Cooperativa Central (O Presente, ed. 10.12.2002, p. 06 e <http://www.frimesa.com.br/sobre>. Acesso em 27.08.2017.)

_______________________________

1977 - Acontece em Quatro Pontes, na sede do Clube Social e Cultural Quatro Pontes, a solenidade de conclusão do curso ginasial da turma "Professora Lúcia Majolo". A solenidade foi antecidida com missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Glória. O patrono da turma foi o professor Adelino Lunkes e o paraninfo o industrial quatropontense Walfrid Schurt (Rádio Difusora Rondon, Frente Ampla de Notícias: vol. 40, de 03.12.1977 a 16.01.1978).

______________________________

1977 - Acontece na então sede distrital de Entre Rios, na sede do Sociedade Esportiva e Recreativa Entre Rios, a solenidade de conclusão do curso ginasial de turma do então Colégio Cenecista Pio XII. Paraninfo: vereador João Natálio Stein e patrona: Dra. Regina Meneghel (Rádio Difusora Rondon, Frente Ampla de Notícias: vol. 40, de 03.12.1977 a 16.01.1978).

_____________________________

1977 - Acontece a formatura de turma de contadorandas "Professor Arno Gerke", do então Colégio Comercial David Carneiro. A solenidade foi precidida por missa na Matriz Católica Sagrado Coração de Jesus e depois com baile no Clube Concórdia. Patrono da turma: empresário Renato Kaefer e paraninfo o industrial Pedro Cereser. Homenagem especial: professor Daylor Jorge Giordani (Rádio Difusora Rondon, Frente Ampla de Notícias: vol. 40, de 03.12.1977 a 16.01.1978).

____________________________________

1977 - Visita Marechal Cândido Rondon o professor de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá e técnico bicampeão paranaense de handebol, senhor João Maria Mechia, para assistir no Módulo Esportivo as partidas entre Campo Mourão e Marechal Cândido Rondon e Campo Mourão e Toledo, mas categorias masculina e feminina. Mechia veio a cidade para se reencontrar com seu ex-aluno, professor Paulo Peres Peres (Rádio Difusora Rondon, Frente Ampla de Notícias: vol. 40, de 03.12.1977 a 16.01.1978). -- FOTO 2 -- 

_____________________________________

2003 - Falece o ex-governador do Paraná, José Richa <http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u56536.shtml>. Acesso em 06.10.2016.  -- FOTO 3 --

____________________________________

2016 - Falece o pioneiro do distrito de Iguiporã, Luiz Mosconi aos 84 anos de idade. Foi sepultado no cemitério público da sede distrital de Iguiporã.

          Luiz é neto do casal italiano imigrante José Mosconi e Catarina Mosconi  e filho de Rafael Mosconi e Maria Mosconi (nascidos em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul).

         Nasceu em Guaporé, Rio Grande do Sul,  hoje  a localidade denominada de Serafina Correia, na vila Evangelista ou Linha 15, na propriedade de seu pai, junto a  foz do rio Barra Funda com o rio Carreiro, aos 14 de julho do ano de 1932.

         Seus pais mudaram-se mais tarde para Seara, Santa Catarina, onde Luiz viveu até os 18 anos quando migrou para o oeste paranaense¹. Estabeleceu-se no atual distrito de Iguiporã, onde casou-se em Nagibe Bianchessi² em 1961. O casal fixou residência em sua propriedade na Linha Flor de Maio, permanecendo até o fim da vida dele. 

           ¹ Luiz Mosconi chegou ao distrito de Iguiporã, no começo da década de 1950, junto com o cunhado Armando Bianchessi e família quando estes se mudaram de Santa Catarina para o Paraná (Informação do pioneiro Ernesto Witeck).

          Luiz e Nagibe tiveram sete filhos: a mais velha, Inês,   casada com Francisco Bruxel; depois,  Terezinha casada com José Everling; Edite casada com Euclides Welter; Neuri casado com Denise Backes; Neodir com Silvana Franzoni; Nelio casado com Agnes Baracke e Luciane Mosconi casada com Alcides Ricieri Rinaldi. 

         O pioneiro rondonense faleceu deixando 11 netos (Informação de Alcides Ricieri Rinaldi). -- FOTO 4 --

          ² Em sua obra "As Colônias Italianas Dona Isabel e Conde d'Eu", Rovílio Costa et alii registra a vinda de dois imigrantes italianos com o sobrenome "Bianchessi": " Giuseppe Bianchessi, ele italiano, casado com Virgínia Astolfi, nascida em Sarone  (Italia) em  15.2.1883 , ambos pais de 10 filhos. Informa também que Giuseppe Bianchessi é  nascido em Ripalta Arpina, província de Cremona, em 03 de dezembro de 1845, filho de Antonio Bianchessi e Rosa Gritti.   
         O segundo imigrante Bianchessi que chegou ao Brasil, como assinala Costa, é: Agostino Bianchessi casado com Maria Moschetti, ambos naturais de Ricengo, Cremona. Ele filho de Ludovico e Rosa Bianchessi e ela filha de Giuseppe e Agostina Moschetti (COSTA, Rovílio et allii. "As Colônias Italianas Dona Isabel e Cond"Eu. Porto Alegre: EST, 1999, p.202, 208 e 288).

____________________________________

2016 - Os atletas da Associação Rondonense de Bicicross (ARB) conquistaram na cidade de Guarapuava, Paraná, o título de campeões paranaenses de bicicross. Com este título, os rondonenses tornaram-se tricampeões estaduais: 

           - Ana Wilma Inhoatto: - campeã categoria 15/16 anos;

           - Dayane Inhoatto: - campeã categoria 17 anos acima;

           - Júlia Schroeder: - campeã feminina 9/10 anos;

           - Bruno Cunha: - campeão boys 8 anos;

           - Douglas Tinelli: - campeão boys 11 anos;

           - Gabriel Schroeder: - campeão boys 13 anos;

           - Fabrício de Souza: - campeão júnior man;

           - Lincon Gomes: - campeão cruiser 40/44 anos;

           - Getúlio da Cruz: - campeão boys 25/29 anos;

           - Cristiano da Cunha: - 2º lugar cruiser 40/44 anos;

           - Leonardo Tonin: - 2º lugar boys 17/24 anos;

           - Felipe Fernando Brand: - 2º lugar júnior man;

           - Matheus Eduardo Silva: - 3º lugar boys 25/29 anos;

           - Alexandre Fiss: - 3º lugar boys 17/24 anos;

           - Anderson Luiz Schroeder: - 3º lugar mountain bike;

           - Gabriel Schroeder: - piloto invicto boys 13 anos;

           - Lincon Gomes: - piloto invicto cruiser 40/44 anos.

           (<http://www.olhonabola.com.br/secao_noticias/12>). Acesso em 26.12.2016 . -- FOTO 5 --

_____________________________________

2017 - Falece o pioneiro rondonense Orlando Rieger, aos 91 anos de idade. Era natural de Piratuba, SC. Filho do casal Elli (nascida Luersen) e Rudolfo Rieger. Foi casado com Nair Eggers, falecida em 05 de janeiro de 2011. São filhos do casal: Helmuth, Hildegard e Fridriech. 

          Chegou de mudança a então vila de General Rondon, procedente do interior de Piratuba, SC, em 13 de julho de 1953. 

          O pioneiro Rudolfo Rieger chegou pela primeira vez a Marechal Cândido Rondon, no começo de 1952. Na oportunidade, adquiriu uma chácara em mato¹ e terrenos no atual centro e Marechal Cândido Rondon. 

          ¹A maior parte da chácara adquirida hoje integra o Parque de Lazer, de Marechal Cândido Rondon, que tem o nome do pioneiro. Nos terrenos comprados foi erguido o edifício que abrigou a loja construída pela família. 

             Meses depois de aquisição da chácara, Rudolfo Rieger contratou equipe para derrubar a mata e outra para construir a residência e instalações para animais.

             Como a equipe de derrubada do mato ateou fogo antes da secagem das folhas e ramos - sem aguardar o tempo certo de maturação -, a família quando chegou de mudança  se viu obrigada a fazer uma completa coivara para deixar o terreno em condições para a cultura de  cereais e pasto para os animais. 

             Com os pais  e os irmãos Herberto e Norberto, Orlando  foi fundador da pioneira e renomada Casa Rieger, loja especializada em ferragens, ferramentas e equipamentos. Por muitos anos também revendedora regional dos tratores agrícolas da marca Valmet, quando começou o processo de colonização no oeste do Paraná. 

                Enquanto acontecia a construção do prédio, a família fazia o vai-e-vem de Jeep entre a chácara e o centro vila, via Avenida Rio Grande do Sul - tempos em que esta ainda era margeada de taquaras e criciúmas e com várias porções de mata nativa em ambos os lados. Era um percurso de aproximadamente um quilômetro. 

                   O casal Nair e Orlando moraram por décadas na chácara, onde mantinham atividades agropecuárias. 

                O veículo Jeep a família tinha trazido de Piratuba quando veio de mudança (Informações de Friedrich Rieger). -- FOTO 6 --

___________________________________

            

Compartilhe

COMENTÁRIOS


Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados