Acontecimentos históricos do dia 7 de Março

1.950 – Chegam à Marechal Cândido Rondon, os pioneiros: Erich Ritscher, Antonio Rockembach e Oswaldo Heinrich (...).

Os três pioneiros rondonenses (em memória) desfilando numa comemoração do município de Marechal Cândido Rondon, na Avenida Rio Grande do Sul. 
Da esquerda à direita: Oswaldo Heinrich. Erich Ritscher e esposa Maria, e Antonio Rockembach. 
Imagem: Acervo Memória Rondonense
Os três pioneiros rondonenses (em memória) desfilando numa comemoração do município de Marechal Cândido Rondon, na Avenida Rio Grande do Sul. Da esquerda à direita: Oswaldo Heinrich. Erich Ritscher e esposa Maria, e Antonio Rockembach. Imagem: Acervo Memória Rondonense
O bispo D. Armando Cirio (em memória) chegando a cidade de Toledo para assumir a diocese, em 07 de março de 1960. 
Imagem: Acervo Memória Rondonense
O bispo D. Armando Cirio (em memória) chegando a cidade de Toledo para assumir a diocese, em 07 de março de 1960. Imagem: Acervo Memória Rondonense
O rondonense Adilson Stülp assassinado em 07 de março de 2015, na capital Boa Vista, de Roraima.
Imagem: Facebook
O rondonense Adilson Stülp assassinado em 07 de março de 2015, na capital Boa Vista, de Roraima. Imagem: Facebook

1950 – Chegam onde hoje é a sede municipal de Marechal Cândido Rondon, os pioneiros: Erich Ritscher, Antonio Rockembach e Oswaldo Heinrich. É considerado o “marco zero” para o surgimento da então Vila Flórida, depois General Rondon e hoje Marechal Cândido Rondon. A data foi apontada pelos três pioneiros como o dia que foi derrubada a primeira árvore no local onde está a cidade, bem próxima de onde hoje está localizada a delegacia de polícia, às margens da Sanga Borboleta (PAWELKE, Joachim. Ficando rico no oeste do Paraná. Marechal Cândido Rondon, PR, 1970, p. 27).

-------------------------------------------

1960 - Assume como primeiro bispo da diocese de Toledo, D. Armando Círio.

------------------------------------------

1962 – É oficialmente aberta a Alfaiataria Riograndense (hoje Reichert Confecções), de propriedade de Juliano Reichert, à Avenida Rio Grande do Sul, entre a Avenida Maripá e a Rua Independência.

----------------------------------------

1965 -  Chega de mudança a Marechal Rondon, o casal Gualberto e Lira (Köhler) Batschke, na companhia dos filhos Victor, de dois anos e, Marcus, de 1 ano, procedente da cidade de Três de Maio, RS. Atualmente sócios-proprietários da Guni Refrigeração e Refricol, esta última empresa operando desde 1982. 

            Em entrevista à Memória Rondonense contou a história da mudança da família e sua presença em Marechal Cândido Rondon: A mudança demorou três dias para chegar; porém como eu e a família viemos com veículo próprio - Rural Willys - levamos dois para chegar. Viemos morar à Rua Minas Gerais, numa residência de madeira que ainda existe hoje no local, ao lado da Guni Refrigeração. Tínhamos como vizinhos de um lado a "Muta" Borgmann e do outro lado a família de Berdinand Spitzer, ele tinha ali uma ferraria.  Após três anos residindo à Rua Minas Gerais, mudamos para hoje Avenida Rio Grande do Sul, esquina com a Rua Sete de Setembro, numa casa de madeira alugada, onde funcionava a padaria da família Lange. Neste local residimos durante quatro anos tendo que conviver com muita poeira e lama - ainda não havia asfalto. Em 1971 tivemos uma proposta de compra desse imóvel (lembro que pensamos bastante antes de adquirir, pois os recursos eram poucos, entretanto colocamos em oração e positivamente aceitamos a proposta de venda e adquirimos o imóvel. No ano de 1972, saímos do imóvel e fomos residir em casa alugada à Rua 31 de Março, quando nesse mesmo ano desmachamos a  nossa casa de madeira da Avenida Rio Grande do Sul e edificamos no local o atual prédio concluído em 1974 e é desde de lá então residimos neste mesmo local". 

----------------------------------------

1971 – Ocorre o lançamento festivo da pedra angular da nova igreja da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, na sede distrital de Margarida.

---------------------------------------

1972 – A então empresa Incorol, via Rádio Difusora, anunciava que tinha  adquirido um conversor de televisão VHF, o qual seria instalado em caráter experimental para captar sinais de televisão das repetidoras de: Goio-Erê, Curitiba, Campo Mourão, Umuarama, Apucarana, Foz do Iguaçu ou Assis Chateuabriand.

--------------------------------------

1972 – É concedido o título de cidadão honorário de Marechal Cândido Rondon ao estadunidense Henry H. Gerber, da USAID, em solenidade festiva no  Clube Aliança (Mundo em Revista, agora Frente Ampla de Notícias, Rádio Difusora: vol. 15, de 18.02.1972 a 17.07.1972). 

-------------------------------------

1972 - Acontece a abertura e vai até o dia seguinte em Marechal Cândido Rondon, o III Seminário de Cooperativismo na área do Projeto Iguaçu. O seminário consistiu de palestras, grupos de trabalho e exposição de programas e metas. 

            Participaram do evento: 

            - Dr. Silvio Galdino de Carvalho Lima - Coordenador do Incra; 

            - Dr. Enio Narques Ferreira - diretor da Secretaria Estadual de Agricultura e do Abastecimento do Paraná; 

            - Mr. Henry H. Gerber - Assessor de cooperativismo do USAID em convênio com o Incra; 

            - Dr. Guntolf van Kaick - Presidente da Ocepar; 

            - Dr. Felisbino G. Martins - chefe do Grupo Executivo da Produção Vegetal do Ministério da Agricultura; 

            - Dr. Paulo Sommer - chefe da Divisão Técnica do Incra; 

            - Nilton de Castro Arruda - gerente da agência do Banco do Brasil, de Toledo; 

            - William Wrismann - gerente do Banco Nacional de Crédito Cooperativista, da agência de Curitiba; 

            - Dr. José Cella - representante da Divisão de Cooperativismo da então Acarpa; 

           - Dr. Nelson Trometa - SecretáriExecutivo da Ocepar. 

            Além dos 12 representantes das cooperativas do oeste e sudoeste que integravam o Projeto Iguaçu, estiveram presentes representantes do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo-Sul - BRDE, da Cooperativa Central de São Paulo, da Cotricampo, de Campo Novo, RS, e da Cooperativa de Cafeicultores do Norte Novo, de Londrina (Mundo em Revista, atualmente Frente Ampla de Notícias, da Rádio Difusora: vol. 15, de 18.02.1972 a 17.06.1972). 

-------------------------------------

1972 - Rádio Difusora noticia que a então empresa Incorol havia adquirido um conversor VHF para televisores e que o instalaria em caráter experimental para tentar captar sinais das repetidoras instaladas nas cidades de Goioerê, Curitiba, Campo Mourão, Umuarama, Apucarana, Foz de Iguaçu, Assis Chateubraind e de outras localidades. Caso a iniciativa fosse dar certo, solucionaria definitiva para o problema de captação do sinais de televisão em Marechal Cândido Rondon. Diz ainda da nota da emissora: "Para os possuidores de televisão que mais possuem a TV como objeto de decoração de seus lares, por certo deverá ser das melhores notícias". 

             O conversor, em caso positivo, deveria ser adquirido por cada proprietário de TV e adaptá-lo ao seu aparelho (Mundo em Revista, atualmente Frente Ampla de Notícias, da Rádio Difusora, vol. 15, de 18.02.1972 a 17.06.1972). 

             * A recepção 100% de audio e imagem televisivos no começo da década de 1970, quando a televisão se expandiu no Paraná, foi uma dificuldade muito grande e exigiu muito emepenho das autoridades públicas. Em Marechal Rondon até criou-se uma associação de proprietários de televisores para atuar para o melhoramento do sinal de televisão na cidade. A entidade foi presidida pelo senhor Daltro Paluch (NP).

---------------------------------------

1974 -  Toma posse a nova diretoria da Liga Rondonense de Esportes, no extinto Salão Wayhs. Presidente: Odilo Almir Scheibler, e vice-presidente: Dealmo Selmiro Poersch. Conselho Fiscal: Verno Scherer, Guilherme Hiller e Maria Lorenzoni. Suplentes: Felipe Sulzbach, Mario Parizotto e Luiz Groff.

-------------------------------------------

1975 – É eleita a nova mesa executiva da Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon: Presidente – vereador Verno Scherer, Vice-Presidente – vereador Lauro Rohde, 1º Secretário – vereador: Eldor Egon Lamb e 2º Secretário – vereador Werno Ivo Lamb.

-----------------------------------------

1977 – Começa a atender no Hospital e Maternidade Filadélfia, na área de urologia, o médico Armando Puentes. Hoje, este profissional não mais reside em Marechal Cândido Rondon. 

-----------------------------------------

1978 - Em nota à imprensa, a Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon informa novo roteiro de reuniões visando a eletrificação rural no município: Dia 08 de março - às 08 horas - reunião na então escola municipal da Linha Cunhaporã, no distrito de Porto Mendes, com os moradores desta e das linhas Paulista e Fazenda Elizário; dia 09 de março - às 08 horas -reunião na escola municipal da Linha São Carlos para os moradores desta e das linhas Santos Dumonte e Apepú; e dia 10 de março - às 08 horas:  no clube Sempre Verde, na sede distrital de Porto Mendes, para todos os moradores do campo do distrito de Porto Mendes (Frente Ampla de Notícias, Rádio Difusora: vol. 42, de 24.02.1978 a 05.04.1978, p. A -113). 

----------------------------------------

1978 - O então deputado federal Norton Macedo, que representava o município de Marechal Cândido Rondon na esfera federal, discorre na tribuna da Câmara Federal sobre a grande estiagem que atinge o estado do Paraná, implicando em grandes prejuízos para a agricultura do Oeste do Paraná (Rádio Difusora, Frente Ampla de Notícias: vol. 42, de 24.02.1978 a 05.04.1978, p. A- 218).

------------------------------------

1993 - É fundada a Comunidade Industrial, da Igreja Evangélica Congregacional de Marechal Cândido Rondon, ligada a paróquia de Marechal Cândido Rondon (GREGORY, Valdir et allii. IECB 50 ANOS - 1959 A 2009. Marechal Cândido Rondon: Editora Germânica, 2008, p. 064 e 065). 

-------------------------------------

2015 – É assassinado na cidade de Boa Vista, capital de Roraima, o rondonense e advogado Ivanir Adilson Stülp, vítima de latrocínio, com 15 facadas <http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2015/03/advogado-e-achado-morto-facadas-em-porta-malas-de-carro-em-boa-vista.html>. Acesso em 10.03.2017.   

-----------------------------------------

2016 - A empresária rondonense Marli Port é homenageada juntamente com outras 23 empresárias, com a comenda "Mulher Empreendedora, na 9ª edição do Prêmio. A solenidade aconteceu na cidade de Foz do Iguaçu, no Rafaim Palace Hotel. O evento foi organizado pela Fecomércio (O Presente, ed. 04. 03.2016 - p. 14). 

-----------------------------------------

 

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS



Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados