Acontecimentos históricos do dia 27 de Abril

1949 - A Colonizadora Maripá protocola junto ao Instituto Nacional do Pinho pedido para instalar sete novas serrarias na região de Toledo (...)

Frota de caminhões da Maripá, por volta de 1956,  usada no transporte de madeira serrada, grande dela exportada para a Argentina, via Porto Britânia. Imagem: Acervo Orlando e Rafael Sturm - FOTO 1 -
Frota de caminhões da Maripá, por volta de 1956, usada no transporte de madeira serrada, grande dela exportada para a Argentina, via Porto Britânia. Imagem: Acervo Orlando e Rafael Sturm - FOTO 1 -
Dom José de Camargo Barros designado 1º bispo da diocese de Curtiba que abrangia os estados do Paraná e Santa Catarina. 
Imagem: Acervo Arquidiocese de Curitiba- FOTO 2 -
Dom José de Camargo Barros designado 1º bispo da diocese de Curtiba que abrangia os estados do Paraná e Santa Catarina. Imagem: Acervo Arquidiocese de Curitiba- FOTO 2 -
Equipe do Esporte Clube Flamengo.
Da esquerda para a direita, em pé: Auri Osmar Zart; Eloi Fischer; Ulli Henke; goleiro - não identificado; Armindo Schmidt; Norberto Schmidt; 7º e 8º - não identificados. Agachados: não identificados. 
* Não é possível que equipe que aparece na fotografia tenha sido a que jogou contra o Vasquinho, de Guaíra.
Imagem: Acervo Vane Jochims Hensel - FOTO 3 -
Equipe do Esporte Clube Flamengo. Da esquerda para a direita, em pé: Auri Osmar Zart; Eloi Fischer; Ulli Henke; goleiro - não identificado; Armindo Schmidt; Norberto Schmidt; 7º e 8º - não identificados. Agachados: não identificados. * Não é possível que equipe que aparece na fotografia tenha sido a que jogou contra o Vasquinho, de Guaíra. Imagem: Acervo Vane Jochims Hensel - FOTO 3 -
Reportagem (1ª parte) do jornalista cascavelense Heinz Schmidt, na revista Pitoco e para o portal
Reportagem (1ª parte) do jornalista cascavelense Heinz Schmidt, na revista Pitoco e para o portal "Memória Rondonense" sobre o pioneiro rondonense imigrante alemão Ernest August von Blücher. Imagem: Acervo da Revista - FOTO 4 -
Segunda parte da reportagem sobre o imigrante alemão von Blücher.
Imagem: Acervo da Revista - FOTO 5 -
Segunda parte da reportagem sobre o imigrante alemão von Blücher. Imagem: Acervo da Revista - FOTO 5 -
O vereador João Marcos Gomes, de Marechal Cândido Rondon,  fazendo a entrega da Carta da Marcha da UVB 2016 ao Presidente do Senado Federal. Imagem: Acervo Agência Senado - FOTO 4 –
O vereador João Marcos Gomes, de Marechal Cândido Rondon, fazendo a entrega da Carta da Marcha da UVB 2016 ao Presidente do Senado Federal. Imagem: Acervo Agência Senado - FOTO 4 –
Boletim informativo do Sistema Meteorológico do Paraná - SIMEPAR - assinalando a temperatura mínima média em Marechal Cândido Rondon, no dia 27 de abril de 2017. 
Imagem: Acervo Simepar - FOTO 5 -
Boletim informativo do Sistema Meteorológico do Paraná - SIMEPAR - assinalando a temperatura mínima média em Marechal Cândido Rondon, no dia 27 de abril de 2017. Imagem: Acervo Simepar - FOTO 5 -

1892 - Pela bula papal Ad Univeras Orbi Eclesias é criada a diocese de Curitiba abrangendo os estados do Paraná e Santa Catarina. A nova diocese compreendia, na época,  63 paróquias e 15 curatos*. No Paraná, eram 39 paróquias, incluindo os curatos. O primeiro bispo designado foi Dom José Camargo Barros, que permaneceu no cargo de 1894 a 1904 (Soares, Luis Roberto N. DICIONÁRIO HISTÓRICO-BIOGRÁFICO DO PARANÁ. Curitiba: Chain; Banco do Estado do Paraná, 1991, p. 26 e 27). - FOTO 2 - 

            * termo religioso usado para designar núcleos urbanos em condições de abrigar uma paróquia <https://pt.wikipedia.org/wiki/Curato>. Acesso em 25.03.2017. 

--------------------------------------

1949 - A Colonizadora Maripá protocola junto ao Instituto Nacional do Pinho pedido para instalar sete novas serrarias na região de Toledo "além da que já mantinha, e derrubada de árvores para aproveitamento de madeira de Toledo e comunidades vizinhas. O potencial estimado é de 576 mil pinheiros, com 12 árvores por hectare, em 48 mil hectares. Mais 900 mil outras árvores, como cedro, ipê, cabriúva e grápia, com 4 árvores por hectare, em área de 225 mil hectares. A meta é derrubar 30 mil ínheiros por ano, em área de 25 mil hectares, produzindo 75 mil toras, com 84 mil m3. Mais 20 mil outras árvaores, produzindo 40 mil toras, com 50 mil m3. Informa ainda que haviam sido demarcadas 400 colônias que seriam acrescidas de mais 300, da quais 200 em área de madeira de lei e 100 pinhais. A produção  prevista para as 7 serrarias é de 4.464m3"  (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo. Toledo: Gráfica& Editora GFM, 2009, p. 90). - FOTO 1 - 

-------------------------------------

1958 – Acontece a primeira partida de futebol do extinto Esporte Clube Flamengo contra o Vasquinho da cidade de Guaira. Vitória do Esporte Clube Flamengo por 5x0. - FOTO 3 -

-------------------------------------

1967 – É destruída, por incêndio, a Marcenaria Ruppenthal, dos irmãos Armindo e Benno Ruppenthal, localizada à Rua São Paulo, 51, em Marechal Cândido Rondon.

---------------------------------------

1968 -  São inaugurados os grupos escolares Augusto Moraes Rego, na sede distrital de Porto Mendes: e Marechal Cândido Rondon (hoje Jean Piaget), na sede municipal, com a presença de Carlos Alberto Moro, secretário estadual de Educação e Dr. Jaci Machado de Oliveira, diretor da extinta Geplanepar.

---------------------------------------

1968 – Recebe o título de cidadão honorário de Marechal Cândido Rondon, o senhor Carlos Alberto Moro, secretário de estado de Educação, em sessão especial da Câmara de Vereadores, na Sociedade de Cantores Aliança (Clube Aliança). O título foi entregue pelas professoras Itamar Mazza de Farias, diretor do Grupo Escola (hoje Escola Estadual Jean Piaget), Idalina Joanna Vianna Guzzoni, Diretora da então Escola Normal Colegial e Clara de Oliveira, diretora do Ginásio Estadual (hoje Colégio estadual Eron Domingues).

---------------------------------------

1968 – Recebe o título de cidadão benemérito de Marechal Cândido Rondon, o senhor Jaci Machado de Oliveira, diretor da extinta Geplanepar, eem sessão especial da Câmara Municipal, na sede da Sociedade de Cantores Aliança (Clube Aliança).

---------------------------------------

1968 – É inaugurada a sede social do Clube Social e Cultural Quatro Pontes.

---------------------------------------

1971 – É eleita a nova diretoria do extinto Esporte Clube Flamengo:

             Presidente de honra: Dealmo Selmiro Poersch

             Presidente: Alcídio Kempfer (reeleito)

             Vice-Presidente: Alberto Nelson Krug

              Secretário: Clóvis Closs

             2º Secretário: Agenor Speck

             tesoureiro: Helmuth Zart

             2º tesoureiro: Harry Cassel

             diretor social: Ireno Pedralli

             vice diretor social: Ariovaldo Luiz Bier

             diretor esportivo: Eugênio Rockembach

             Conselho Fiscal: Efetivos: Mario Dilda, Gustavo Marzinskowski e Hans Marzinskowski e Nelson Castilho.  - FOTO 2 - 

      --------------------------------------

1976 – Falece o senhor Ernst August von Blücher, imigrante alemão que fixou residência em Marechal Cândido Rondon após a Segunda Guerra Mundial. Era casado com a senhora Agnes Cristina (nascida Möllers) von Blücher,  falecida em 25 de maio de 1976 (SCHMIDT, Heinz. Um Gutsherr em Rondon, in Revista Pitoco. Cascavel:  2017). - FOTOS 3 e 4 - 

-------------------------------------

1976 – É realizado o congresso de encerramento do Campeonato Municipal de Futebol de Salão de 1976. Local: Módulo Esportivo.

------------------------------------

1977 – É exonerado pela Secretária de Estado de Segurança Pública, o sr. Alfredo Aroldo Henning, das funções de sub-delegado de Polícia do então distrito de Pato Bragado. 

-----------------------------------

2016 - O vereador João Marcos Gomes, presidente da Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon, como coordenador  da comissão elaboradora da Carta da Marcha da UVB 2016, entrega junto com um grupo de vereadores o documento ao presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros. - FOTO 5 - 

 

ÍNTEGRA DA CARTA DA UVB

Carta dos(as) Vereadores(as) do Brasil em defesa da ÉTICA, Pacto Federativo e do Municipalismo

 

SOMOS LIMPOS E TRANSPARENTES!

Sendo assim, nós os(as) vereadores(as) reunidos(as) na XIV Marcha dos Vereadores em Brasília de 26 a 29 de abril de 2016, realizada pela União dos Vereadores do Brasil, representando mais de 57.000 vereadores de todo país, apresentamos a Vossa Excelência as seguintes sugestões para garantirmos um Brasil melhor:

- Redução de gastos com a máquina administrativa, diminuindo-se o número de Ministérios, Cargos e investimentos desnecessários, principalmente com gastos excessivos, no custeio dos três Poderes e demais órgãos, focando mais na eficiência do serviço público, destinando-se mais recursos para os Municípios.

- Fim do foro privilegiado nos casos de corrupção.

- Cumprimento na integralidade da Lei da Ficha Limpa.

- Urgência na implantação ao Novo Pacto Federativo, garantindo assim maior autonomia aos municípios.

- Defendemos que os municípios tenham, ao menos, uma unidade de Hospital de pequeno porte (HPP) mantido, exclusivamente, pelo Governo Federal. Uma das realidades de todos os Municípios, é que o Governo Federal investe em ‘construção’ de prédios e materiais para área da Saúde, como UPA´s, SAMU, etc., porém não há condições de os Municípios manterem tal estrutura. Sendo assim, requer-se que a União possa destinar mais recursos para a manutenção de todos estes setores, desonerando assim a administração municipal, que pena para conseguir manter em funcionamento o atendimento adequado a saúde do cidadão contribuinte. Que haja custeio e maiores investimentos federais na alta e média complexidade nos hospitais da rede pública e filantrópicos.

- Criação de uma Comissão no Congresso Nacional para tratar de uma política nacional de exploração e preservação de recursos hídricos, florestais e principalmente a questão dos resíduos sólidos.

- Que as obras públicas sejam construídas com maior rapidez, qualidade, eficiência e fiscalização para correta aplicação dos recursos públicos, assim como o serviço público seja prestado igualmente com maior eficiência e qualidade.

- Que sejam aplicados maiores recursos em Educação, principalmente no repasse aos Municípios via FUNDEB, dando melhor autonomia aos mesmos, desde a Educação básica, até custeio para auxílio no ensino e qualificação universitária.

- A Regulamentação com urgência a Lei n.º 13.269 de 2016 sobre tratamento contra o Câncer, pela aplicação da Fosfoetanolamina, pois quem tem câncer, tem pressa. Que sejam realizados com urgência e total transparência os testes necessários para a liberação pela ANVISA, salvando assim inúmeras vidas.

- Que seja efetuada de forma correta e justa a distribuição dos recursos oriundos da tributação do ICMS pela produção e fornecimento da energia elétrica.

- Maiores investimentos na área de Habitação e infraestrutura, garantindo-se o direito Constitucional de Moradia a todo cidadão;

- Que sejam criadas e permitidas vagas para representação da vereança, indicadas pela UVB, nos conselhos federais, contribuindo assim os legisladores municipais, nos assuntos federativos.

- Aplicação robusta e imediata de recursos públicos no setor de Segurança Pública, para garantia dos direitos constitucionais de todo cidadão de bem.

- Maior celeridade no julgamento do Poder Judiciário nos casos que envolvem corrupção.

É o que os(as) vereadores(as) brasileiros(as) requerem e sugerem para um País melhor e mais justo, esperando sermos ouvidos(as) e atendidos(as).

Brasília – DF, 27 de abril de 2016.

 

Vereadores (as) brasileiros (as).

 

Presidente da UVB

Gilson Conzatti

 

Comissão de elaboração da Carta da Marcha da UVB de 2016:

Coordenador: João Marcos Gomes – Marechal Cândido Rondon – PR

Secretária/Relatora: Sueli Luckmann Guerra – Toledo – PR

Co-relator: Éber Marcelo Bundchen – Joaçaba – SC

 

Demais membros:

Adaildo Dantas – São Bento – Paraíba

Ailton Antonio Moreno Arévalo – Nova Canaã do Norte – MT

Angela Maria Andrade – Nova Aurora – PR

Asaf Sobrinho – São Pedro dos Crentes – MA

Breno de Albuquerque César – Bonito – PE

Bruno Melo – Severiano Melo – RN

Carlos Cezar Carvalho Frota – Candeias do Jamary – RO

Cezar Ronchi Júnior – Marechal Floriano – ES

Cilon Lisoski – São Gabriel – RS

Éber M. Bündchen – Joaçaba – SC

Eduardo Kennedy Martins – São Tiago – MG

Elói Ferraz de Andrade – Ibirubá – RS

Flávio T. da Silva Vieira – Mossoró- RN

Francisco Pereira Oliveira – Farias Brito – Ceará

José Jardel da Cruz Rocha – Tocantins

Jucinei de Souza – Paulo Lopes – SC

Marines de Oliveira Costa – Aral Moreira – MS

Mário do Jornal Araújo dos Santos – Cruz das Almas – BA

Mario Moreira – Cacoal – RO

Marlene Rodrigues da Costa – Alto Alegre dos Parecis – RO

Miguel Adones de Campos – Soledade – RS

Paulo Segio da Silva – Bonito – PE

Sebastião Mamede – Nova Prata – RS

Sérgio Bourscheiderd – Maravilha – SC

Telmo Alves de Brito – Querência – MT

Welton Luiz da Silva – Jaíba – MG

--------------------------------------

2017 - Ocorre a primeira manhã mais fria de 2017, em Marechal Cândido Rondon <http://www.simepar.br/>. Acesso em 27.04.2017. - FOTO 6 - 

-------------------------------------

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS


Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados