Acontecimentos históricos do dia 25 de Maio

1920 - Nasce Ingrum Klagges, esposa do Doutor Friederich Ruppprecht Seyboth, na cidade de Wilster, na Alemanha (...)

Ingrun Klagges Seyboth em sua juventude na Alemanha, em fotografia de 1939.
Imagem: Acervo da Família Seyboth
Ingrun Klagges Seyboth em sua juventude na Alemanha, em fotografia de 1939. Imagem: Acervo da Família Seyboth
Otto Ricardo Schmidt, 3º da esquerda à direita, na companhia do religioso Ângelo Bortolini (e) Egon Pudell e Willy Barth (d).
Imagem: Acervo Museu Histórico Willy Barth, de Toledo (PR) - FOTO 2 -
Otto Ricardo Schmidt, 3º da esquerda à direita, na companhia do religioso Ângelo Bortolini (e) Egon Pudell e Willy Barth (d). Imagem: Acervo Museu Histórico Willy Barth, de Toledo (PR) - FOTO 2 -
Lei municipal nº 106/1964, que aprovou o projeto da Praça Willy Barth, na sede municipal de Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Arquivo PM-MCR - FOTO 3 -
Lei municipal nº 106/1964, que aprovou o projeto da Praça Willy Barth, na sede municipal de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Arquivo PM-MCR - FOTO 3 -
Casal Leonel Sander e Herta Müller no dia de seu casamento, em 30 de maio de 1942. 
Imagem: Acervo Remi e Lidia Agnes Glitz - FOTO 4 -
Casal Leonel Sander e Herta Müller no dia de seu casamento, em 30 de maio de 1942. Imagem: Acervo Remi e Lidia Agnes Glitz - FOTO 4 -
A residência  vistosa que pertenceu ao casal Leonel e Hera Sander, na chácara em Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo Remi e Lídia Agnes Sander - FOTO 5 -
A residência vistosa que pertenceu ao casal Leonel e Hera Sander, na chácara em Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Remi e Lídia Agnes Sander - FOTO 5 -
O casal Leonel e Herta Sander com os filhos em frente a sua residência, em fotografia de 1965. 
Imagem: Acervo Remi e Lídia Agnes . - FOTO 6 -
O casal Leonel e Herta Sander com os filhos em frente a sua residência, em fotografia de 1965. Imagem: Acervo Remi e Lídia Agnes . - FOTO 6 -
João Elizio Ferraz de Campos e esposa, ele visitou Marechal Rondon como secretário estadual da Administração, em 25 de maio de 1977. 
Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 7 -
João Elizio Ferraz de Campos e esposa, ele visitou Marechal Rondon como secretário estadual da Administração, em 25 de maio de 1977. Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 7 -
Pioneira Alzira (nascida Diemer) Saatkamp com o esposo João, falecida em 25 de maio de 1983. 
Imagem: Acervo Romeu e Venilda Saatkamp - FOTO 8 -
Pioneira Alzira (nascida Diemer) Saatkamp com o esposo João, falecida em 25 de maio de 1983. Imagem: Acervo Romeu e Venilda Saatkamp - FOTO 8 -
Técnico de futsal PC de Oliveira que deixou a equipe Copagril Futsal, em 25 de maio de 2014. 
Imagem: Acervo Portal Guaira - FOTO 9 –
Técnico de futsal PC de Oliveira que deixou a equipe Copagril Futsal, em 25 de maio de 2014. Imagem: Acervo Portal Guaira - FOTO 9 –
Empresário Renato Grasel, de Entre Rios do Oeste, falecido em 25 de maio de 2015. 
Imagem: Acervo O Presente .  - FOTO 10 -
Empresário Renato Grasel, de Entre Rios do Oeste, falecido em 25 de maio de 2015. Imagem: Acervo O Presente . - FOTO 10 -
Professor Alex Sandro Ventura Griebeler morto em acidente em 25 de maio de 2016. 
Imagem: Acervo  marechalnews.com.br - FOTO  –
11 -
Professor Alex Sandro Ventura Griebeler morto em acidente em 25 de maio de 2016. Imagem: Acervo marechalnews.com.br - FOTO – 11 -
Prefeito Municipal Moacir Froelich recebendo o Diploma de Honra ao Mérito Comunitário, de Júnior Bifon, gerente da unidade do SESC - Marechal Cândido Rondon -, pela participação do município no Dia do Desafio 2015. 
Imagem: Acervo Imprensa PM-MCR
Crédito:  O Presente -  FOTO 12 -
Prefeito Municipal Moacir Froelich recebendo o Diploma de Honra ao Mérito Comunitário, de Júnior Bifon, gerente da unidade do SESC - Marechal Cândido Rondon -, pela participação do município no Dia do Desafio 2015. Imagem: Acervo Imprensa PM-MCR Crédito: O Presente - FOTO 12 -
Posse dos novos conselheiros do Conselho Municipal de Educação. 
Sentados: nenhum identificado. 
Em pé, da esquerda a direita: professora Marlice Rosani Pruzygodda Gund, presidente do Conselho; prefeito municipal Moacir Froelich; vice-prefeito Silvestre Cottica e professora Marta Salete Bendo - secretária municipal de Educação. 
Imagem: Imprensa PM_MCR
Crédito: Ademir Herrmann - FOTO 13 --
Posse dos novos conselheiros do Conselho Municipal de Educação. Sentados: nenhum identificado. Em pé, da esquerda a direita: professora Marlice Rosani Pruzygodda Gund, presidente do Conselho; prefeito municipal Moacir Froelich; vice-prefeito Silvestre Cottica e professora Marta Salete Bendo - secretária municipal de Educação. Imagem: Imprensa PM_MCR Crédito: Ademir Herrmann - FOTO 13 --
Professora Aline Kirchheim que foi presidente do PSOL de Marechal Cãndido Rondon. 
Imagem: Acervo pessoal/Facebook - FOTO 14 -
Professora Aline Kirchheim que foi presidente do PSOL de Marechal Cãndido Rondon. Imagem: Acervo pessoal/Facebook - FOTO 14 -
Ciclistas rondonenses Marcelo Garcia, Sérgio Mokfa e Paul Lírio Berwig  protagonistas do tour
Ciclistas rondonenses Marcelo Garcia, Sérgio Mokfa e Paul Lírio Berwig protagonistas do tour "Vou de bike para o Litoral". Imagem: Acervo O Presente - FOTO 15 -
Prefeito Municipal Marcio Andrei Rauber e o arquiteto Ricardo Leites de Oliveira, presidente da Acimacar, com o documento da campanha
Prefeito Municipal Marcio Andrei Rauber e o arquiteto Ricardo Leites de Oliveira, presidente da Acimacar, com o documento da campanha "Retoma Marechal: uma cidade inteira no comércio". Imagem: Acervo O Presente - FOTO 16 -
Por do sol na cidade de Marechal Cândido Rondon, em 25 de maio de 2021.
Imagem: Acervo e crédito: Ilda Bet - FOTO 17 -
Por do sol na cidade de Marechal Cândido Rondon, em 25 de maio de 2021. Imagem: Acervo e crédito: Ilda Bet - FOTO 17 -
Unidade fabril da Hiléia na cidade de Pato Bragado.
Imagem: Acervo da empresa - FOTO 18 -
Unidade fabril da Hiléia na cidade de Pato Bragado. Imagem: Acervo da empresa - FOTO 18 -

======================================================================================================

1920 - Nasce Ingrum Klagges, esposa do Doutor Friederich Ruppprecht Seyboth (médico pioneiro de Marechal Cândido Rondon), na cidade de Wilster, na Alemanha, filha do casal Dietrich Klagges (nota do pesquisador). -- FOTO 1 --

______________________________________

1947 - O tópografo Ricardo Otto Schmidt marca o Norte Verdadeiro, ponto de partida para demarcação da Fazenda Britânia¹ e a cidade de Toledo. Na época, só havia as Avenidas São João e Maripá, esta conhecida como a estrada para Porto Britânia¹. O primeiro mapa da cidade , elaborado por ele, ficou pronto em 1949 (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo - Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica & Editora, 2009: 112).  -- FOTO 2 --
 

¹ Embarcadouro construído pela Compañia de Maderas del Alto Paraná, empresa de capital anglo-argentino, na foz do Rio São Francisco Verdadeiro no Rio Paraná. O ponto agora está submerso pelas águas do Reservatório da Itaipu Binacional e localiza-se no município de Pato Bragado (nota do pesqusiador). 

______________________________________

1964 – Pela lei municipal nº 106, é aprovado o esboço para a construção da Praça Willy Barth, num espaço de 160 x220 m, na cidade de Marechal Cândido Rondon. A outra parte da quadra  - 60 x 220 m – pela mesma lei foi dividida em lotes de 20x40m , para no futuro abrigar repartições públicas (nota do pesquisador). -- FOTO 3 -- 

_______________________________

1964 - Pela Lei Municipal nº 95/1964 é criado o distrito administrativo de Iguiporã, no município de Marechal Cândido Rondon.

A origem da vila é assim narrada pelo memorialista Harto Viteck, que chegou à localidade 18 de outubro de 1960 e lá morou até seus 18 anos: 
 

"A criação da vila de Iguiporã, depois sede distrital, foi parte do projeto colonizatório encetado pela empresa Maripá, a partir da antiga Fazenda Britânia comprada da Companhia de Maderas del Alto Paraná, de capital anglo-argentino. Os pequenos núcleos urbanos instalados pela Maripá serviam para a implantação de escola, igreja, casa de comércio e prestadores de serviços aos colonos pioneiros, além de elemento de propaganda para eventuais futuros compradores de terras.

O nome inicial dado pela Maripá ao incipiente vilarejo foi Iporã (em tupi-guarani, i-porã significa água bonita). No entanto, para não ser confundido com a cidade homônima na região Nordeste do Paraná, a empresa trocou por Iguiporã (do tupi-guarani: i-gui-porã, que na forma regionalizada na nação indígena também significa “água bonita”). Provavelmente, os nomes indígenas foram dados pelos muitos funcionários de Allica, quase todos paraguaios com ascendência indígena guarani.

A vila de Iguiporã foi implantada no alto de um espigão entre o Riacho Piacuê (do tupi-guarani pi’a cuê, que significa “riacho do menino”) e a Sanga Tubuna (uma espécie de abelha, em tupi-guarani), próximo à junção do antigo Caminho do Allica, procedente de Porto Artaza, e o antigo Caminho de Porto Britânia. Ambos os portos então situados às margens do Rio Paraná.

Falando em designações indígenas, no distrito também correm as águas do córrego Awaí (designação originária igualmente do tupi-guarani, que corresponde a “água do homem”). Arbitrariamente, o nome da linha de moradores que antes era assim nominada foi mudada para Hawaí, o que não corresponde ao contexto histórico em sua origem.

A vila começou a partir da construção de diversas casas pela Maripá, em ambos os lados do Caminho do Allica, destinadas aos migrantes necessitados para morarem nelas por cerca de um ano com suas famílias e mudanças, até construírem suas próprias moradias nas colônias ou chácaras adquiridas.

Os lotes do núcleo urbano foram mesurados por Henrique Isernhagen, tópografo da Maripá. Os primeiros moradores do interior do distrito foram o casal Rosina e Carlos Rudolfo Bofinger e filhos, procedentes de Erechim (RS), em 1952. Logo fixaram residência na propriedade adquirida junto à Sanga Porã (em guarani,  zanja porã: “sanga bonita”) na atual linha conhecida como Flor de Maio. 

Na vila, os primeiros moradores foram Luiz Ernesto Fleck (abriu a primeira casa comercial), Frederico Deuter (dono do hotel que a Maripá construiu, depois vendido a José Malagutti e, posteriormente, à Família Rauber e, por fim, para a Agrícola Horizonte) e Osvino Ernesto Wolfart (fixou residência numa das muitas chácaras em torno do povoado. Era agricultor, mas por maior tempo exerceu a profissão de carpinteiro). Reinaldo Model foi primeiro colono que se estabeleceu mais próximo do lugarejo, em 1954.

A escola primária construída na localidade pela Maripá ganhou o nome de Escola Municipal Floriano Peixoto e a primeira professora do educandário foi Rosa (nascida Deuter) Figur. Nos primeiros anos, a escola também serviu de local para celebração de missas e cultos, até que as congregações conseguissem erigir os próprios templos.

A vila tem uma particularidade não verificada antes em outros núcleos urbanos organizados pela colonizadora. Por uma constante falta de água, a vila recebeu o primeiro poço artesiano e a primeira rede distribuição de água do município de Marechal Cândido Rondon e, talvez, dentro do projeto de colonização.

 

_______________________________ 

1965 - Chega de mudança em Marechal Cândido Rondon, após cinco dias de viagem, o casal Herta (nascida Müller) e Leonel Sander na companhia dos filhos* Leda, Martinho, Loiva, Leoni, Remi e Diva, procedente de Linha Boa Esperança, município de Concórdia, Santa Catarina (nota do pesquisador).

           (*)  - Leda casou-se com Egon Helmuth Glitz

            - Martinho casou-se com Renilda Hanusch

            - Loiva casou-se com Edgar Möller (falecido)

            - Leoni casou-se com Decio Noé

            - Remi casou-se com Lidia Agnes Glitz

            - Diva casou-se com Edvino Schadeck (falecido) 

Antes de mudar-se para Marechal Rondon, Leonel Sander veio ao Paraná para adquirir  terras: comprou uma chácara e uma área no atual município de Entre Rios do Oeste.

A chácara ficava no lado sul da cidade de Marechal Cândido Rondon, saída para Linha Guarani-Arroio Fundo.  O pedaço de chão se limitava ao sul com o Anel Viário, margem direita no sentido leste-oeste. Nela o casal Sander  construiu uma casa de madeira de excelente acabamento e de atrativa arquitetura. A construção foi feita pelo pioneiro rondonense e carpinteiro Arno Henn. 

Herta e Leonel moraram nessa residência até seus falecimentos. Ele faleceu no dia 19 de agosto de 2003 e ela no dia 04 de julho de 2010.  Estão sepultados no cemitério público da cidade de Marechal Cândido Rondon. 

Hoje a chácara está loteada. 

Nas terras em Entre Rios, a família cultivava cereais. Acampava lá nos períodos de plantio e colheita. Em 1970, a propriedade foi vendida.  Com o dinheiro do negócio, o casal Herta e Leonel passou para cada filho um valor para adquirir um terreno na cidade de Marechal Cândido Rondon. Com a outra parte comprou mais uma chácara que fazia divisa com a propriedade onde residia.

O pioneiro é filho de Susana (nascida Muxfeld) e Marcolino Sander. Nasceu em São João, atual município de Gramado (RS). Herta é filha do casal Lidya (nascida Hoppen) e Jacob Müller. Nasceu em Baumschneiss, hoje município gaúcho de Dois Irmãos. 

(nformações enviadas por Remi e Lidia Agnes Sander, via Facebook, em 23, 24 e 25 de maio de 2017). -- FOTOS  4, 5 e 6 -- 

________________________________

1971 - O então juiz de direito de Marechal Cândido Rondon, José Carlos Lins Santos, é eleito  coordenador para o então Mobral (Movimento Brasileiro de Alfabetização) – unidade de Marechal Cândido Rondon (nota do pesquisador).

________________________________

1977 – Visita Marechal Cândido Rondon o secretário de Administração, João Elizio Ferraz de Campos para assinar convênio para as primeiras reformas no então Ginásio Estadual, hoje Colégio Estadual Eron Domingues. A solenidade de assinatura foi na Câmara Municipal (nota do pesquisador). -- FOTO 7 -- 

_______________________________

1977 – A Rádio Difusora Rondon AM noticia que a empresa Arthur Lundgren S.A., proprietária da rede de lojas Casas Pernambucanas adquiriu o prédio à Avenida Rio Grande do Sul, onde atualmente (2021) está localizada (nota do pesquisador).

______________________________

1983 - Falece a pioneira Alzira (nascida Diemer) Saatkamp que chegou de mudança a então vila de General Rondon, na companhia do esposo João e dos filhos Amário, Leocadia, Julia e Romeu, em 12 de março de 1957, procedente de Arabutã, então pertencente ao município de Concórdia, Santa Catarina (informação recebida via Facebook, in box, de Venilda Saatkamp, em 11 e 20 de fevereiro de 2017. -- FOTO 8 -- 

_____________________________

1988 - É assinado o contrato de venda e compra entre  a empresa paranense Soceppar e a Cooperativa Agroindustrial Copagril (adquirente) do complexo de esmagamento de soja pertence a primeira, na cidade de Marechal Cândido Rondon (LEDUC, Lincoln. Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol.016, cad. Maio e Junho 1988, fls. 95 e 99).
 

Saber mais, clique aqui (item 1988).

_______________________________

2014 – A diretoria da equipe Copagril Futsal, de Marechal Cândido Rondon,  anuncia o nome de Paulo César de Oliveira (PC de Oliveira) como o nome técnico da equipe de futebol de salão.

Oliveira é ex-técnico da seleção brasileira de futebol de salão (nota do pesquisador). -- FOTO 9 -- 

_____________________________

2015 – Falece o empresário Renato Grasel, de Entre Rios do Oeste, fundador em 1970, da Cerealista Grasel,  depois de chegar do Rio Grande do Sul, da cidade de Santa Cruz do Sul.

Na política, sempre esteve filiado ao PMDB e foi eleito em 1982 a suplência de vereador pelo então distrito de Entre Rios para a Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon.  

Em 02 de setembro de 1985, assumiu em definitivo o cargo no lugar do vereador Ilmar Priesnitz que disputou a Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, permanecendo como vereador até 31 de dezembro de 1988. Com a criação do município de Entre Rios do Oeste, o empresário se elegeu vereador para as legislaturas 1993/1996, 2011/2004 e 2005/2077 (O Presente. Marechal Cândido Rondon) -- FOTO 10 -- 

______________________________

2016 - Morre, em acidente de trânsito, na BR-163, nas proximidades de Maracajú dos Gaúchos, município de Guaíra, o professor rondonense Alex Sandro Ventura Griebeler.  -- FOTO 11 -- 

______________________________

2016 - Acontece mais uma edição do Dia do Desafio na cidade de Marechal Cândido Rondon, simultâneo em 305 cidades paranaenses, sob a corrdenação de 25 unidades de SESC/PR.

O Dia do Desafio é "promovido mundialmente pela TAFISA (Associação Internacional de Esportes para Todos), sediada na Alemanha, o Dia do Desafio tem o objetivo de estimular as comunidades para adoção de uma vida mais ativa para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das comunidades. Isso é feito por meio da sensibilização sobre a importância de um estilo de vida mais ativo. Além destes benefícios a ação deixa um legado para as cidades, com o incentivo a ações permanentes (imprensa PM-MCR). -- FOTO 12 -- 

______________________________

2016 - Tomam posse os novos conselheiros do Conselho Municipal de Educação de Marechal Cândido Rondon, com renovação de 1/4 de sua composição. Na oportunidade, foi reconduzida a presidência do conselho, a professora Marlice Rosani Przygodda Gundt (nota do pesquisador). -- FOTO 13 -- 

______________________________

2017 - A professora Aline Kirchheim renúncia ao cargo de presidente do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), de Marechal Cândido Rondon e se desfilia da agremiação partidária (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 26.05.2017, p. 10). -- FOTO 14 -- 

______________________________

2018 - Ocorre no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (ACIMACAR), o lançamento  da campanha de arrecadação de donativos alusiva ao  "Dia de Cooperar 2018", que acontece em todo o Brasil, no dia 30 de junho. 

A campanha é resultado da intercooperação entre as cooperativas ligadas ao Conselho de Cooperativismo da Acimacar e envolverá a Copagril, Sicredi, Sicoob, Cercar, Unimed, Uniprime, Cresol, Cooperlindeiros, Frimesa, Cooperagir, Coofamel - todas de Marechal Cândido Rondon, com apoio do Cojem, Acimacar, Associação Sangue Bom, Sesc, Saae e Prefeitura Municipal. 

A coleta de donativos começa no dia 28,  tendo como pontos de arrecadação as cooperativas participantes. Até o dia 30 de junho a população pode cooperar com a campanha fazendo a doação de roupas, calçados, produtos de limpeza e leite longa vida.

No dia 30 de junho, o Dia C, é realizado um grande evento na Praça Willy Barth,  na cidade de Marechal Cândido Rondon, no horário das 9 às 17 horas. A programação teve atividades recreativas, esportivas, apresentações culturais e tenda do chimarrão, além de orientações à saúde e incentivo à realização de cadastro de doadores de sangue (nota do pesquisador).

___________________________________

2019 - Os ciclistas rondonenses Paul Lirio Berwig, Sérgio Mokfa e Marcelo Garcia iniciam ao amanhecer tour de bicicleta, com saída de Marechal Cândido Rondon e destino até a capital catarinense, Florianópolis (nota do pesquisador). -- FOTO 15 --

_________________________________________

2020 - A Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon e Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (ACIMACAR) lançam a campanha "Retoma Marechal: uma cidade inteira em promoção. A proposta é a maior iniciativa de incentivo ao comércio já realizada na história do município e visa amainar os efeitos sobre a atividade comercial decorrentes das restrições impostas para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (COVID 19).

A campanha terá início dia 05 de junho e distribuirá R$ 80 mil em prêmios, contemplando 500 pessos, no período até 30 de julho (O Presente, ed. 26.05.2020, p. 16 e 17). -- FOTO 16 --

______________________________________

2020 - Devido à necessidade de distanciamento social determinada pelas autoridades sanitárias, por causa da pandemia do novo coronavírus, a Cooperativa Agroindustrial  Copagril realiza de forma digital o tradicional Dia de Campo Milho Safrinha, que ocorre anualmente. A divulgação dos temas técnicos e divulgação dos novos híbridos produzidos pelas empresas produtoras de sementes, foi feita por diversas plataformas até o dia 29 de maio (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed.26.05.2020: 29).

______________________________________

2021 - Ao contrário de outras cidades da Região Sul, Marechal Cândido Rondon teve nessa terça-feira temperatura mínima  média superior ao dia anterior: 10 graus (nota do pesquisador). -- FOTO 17 --

______________________________________

2021 - O Ministério Público da Comarca de Marechal Cândido Rondon informa que casais pretendentes à adoção de crianças ou adolescentes aguardam cerca de 10 anos para conseguir a realização da pretensão. Nos últimos quatro anos apenas 12 crianças foram adotadas na comarca (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 25.05.2021: 14 e 15).

______________________________________

2021 - Com  a lberação pelos Estados Unidos, de para imunizar turistas, para atrair estrangeiros para impulsionar a economia do país atráves do turismo, rondonenses fazem viagem para lá para tomar a vacina contra a COVID 19 (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed.25.05.2021: 16 e 17).

_________________________________ 

2021 - Com preço da soaa e do milho super majorado nos últimos 12 meses, a primeira em cerca de 98% e o segundo em torno de 115%,  produtores de frango do Paraná apelam para a intervenção da Ministério da Agricultura, para mitigar os impactos que está afetando a atividade, em discrepância em relação ao preço da ave, que somente alcançou 14,4% no mesmo período.

Verificação do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (SINDIAVIPAR), a produção de frango está 43,4% mais cara em relação a 2020 (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 25.05.2021: 22 e ed. 28.05.2021: 30

______________________________________

2021 - Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), dos Instituto Brasileiro de Geográfia e Estatística (BGE), o Paraná colheu em 2019, 7.229 toneladas de mel. |O que significa que a produção do produto crtesceu 185% em 20 anos no Paraná. 

Os municípios paranenses de maior produção de mel são Ortigueira e Arapoti (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 25.05.2021: 23).

_____________________________________

2021 - A indústria de alimentos Hiléia, com unidade fabril na cidade de Pato Bragado, projeta investimento de R$ 50 milhões para expansão de suas linhas de produção de macarrão instantâneo, mistura para bolo, achocolatado e sopão (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 25.5.2021: 26 e 27). -- FOTO 18 --

_______________________________________

 

 

 

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados