Acontecimentos históricos do dia 2 de Junho

1956 - Começam as obras de construção da antiga usina hidréletrica no Arroio Guaçu, na divisão do então distrito de Quatro Pontes e Novo Sarandi (...)

Vista da barragem em construção da desativada Usina do Guaçu. 
Imagem: Acervo Hertha Hassemer Schade - FOTO 1 -
Vista da barragem em construção da desativada Usina do Guaçu. Imagem: Acervo Hertha Hassemer Schade - FOTO 1 -
Interior da Igreja Matriz Sagrado Coração de Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo Harto Viteck - FOTO 2 -
Interior da Igreja Matriz Sagrado Coração de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Harto Viteck - FOTO 2 -
O pioneiro Rinaldo Ludwig, fotografado no dia da comemoração de suas Bodas de Ouro. 
Imagem: Acervo Manuel Canabarro e esposa - FOTO 3 -
O pioneiro Rinaldo Ludwig, fotografado no dia da comemoração de suas Bodas de Ouro. Imagem: Acervo Manuel Canabarro e esposa - FOTO 3 -
O diretor-presidente da Copagril, sr. Ricardo Silvio Chapla, proferindo a palestra da abertura do 7º Congresso de Ciências Agrarias na Unioeste de Marechal Cândido Rondon.
Imagem: Acervo Unioeste-MCR - FOTO 4 -
O diretor-presidente da Copagril, sr. Ricardo Silvio Chapla, proferindo a palestra da abertura do 7º Congresso de Ciências Agrarias na Unioeste de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Unioeste-MCR - FOTO 4 -
Pioneiro Helmuth Lohmann com a esposa Alzira Lembke, junto com a filha Erica nascida em Marechal Cândido Rondon,  sentados no sofá. 
Os outros filhos, da esquerda a direita: Rosamaria (Rosmari), Gernot Bodo, Egon Adolpho, Wili Germano e Gerda. 
Fotografia tirada em 1965.  
Imagem: Acervo Wili Germano Lohmann - Nova Petrópolis - RS - FOTO 5 -
Pioneiro Helmuth Lohmann com a esposa Alzira Lembke, junto com a filha Erica nascida em Marechal Cândido Rondon, sentados no sofá. Os outros filhos, da esquerda a direita: Rosamaria (Rosmari), Gernot Bodo, Egon Adolpho, Wili Germano e Gerda. Fotografia tirada em 1965. Imagem: Acervo Wili Germano Lohmann - Nova Petrópolis - RS - FOTO 5 -
Olária da Família Lohmann, a primeira cerâmica instalada na cidade de Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo Wili Germano Lohmann - Nova Petrópolis - RS - FOTO 6 -
Olária da Família Lohmann, a primeira cerâmica instalada na cidade de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Wili Germano Lohmann - Nova Petrópolis - RS - FOTO 6 -
Empresário e palestrante motivacional Heinz Schurt  falecido em 02 de junho de 2015.
Imagem: Acervo Portal Rondon - FOTO 7
-
Empresário e palestrante motivacional Heinz Schurt falecido em 02 de junho de 2015. Imagem: Acervo Portal Rondon - FOTO 7 -

======================================================================================================

1956 - Começam as obras de construção da antiga usina hidrelétrica no Arroio Guaçu, na divisa do então distrito de Quatro Pontes e distrito de Novo Sarandi, para abastecer de energia elétrica as localidades de General Rondon, Quatro Pontes, Novo Sarandi e Vila Nova (estas duas comunidades atualmente (28.05.2017) continuam pertencendo ao município de Toledo) e Nova Santa Rosa.

A capacidade geradora prevista da usina foi de 450KWA.

Para a implantação de pequena hidrelétrica, a colonizadora Maripá ofereceu uma contribuição de 450 mil cruzeiros, enquanto a arrecadação entre os moradores das localidades beneficiadas foi de 550 mil cruzeiros. A maior contribuição voluntária veio dos moradores de General Rondon.

A campanha de captação de dinheiro tinha começado em 20 de maio de 1955 (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo; Gráfica e Editora GFM, 2009. p.116 e 122). -- FOTO 1 --

_____________________________________

1960 – Chega de mudança na  sede distrital rondonense  de Margarida, o pioneiro Nicolau Léo Adams, procedente da cidade de Santa Rosa (RS), na companhia da esposa e dez dos 11 filhos (O Presente).

_______________________________

1974 – É inaugurada a Nova Matriz da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, da sede municipal de Marechal Cândido Rondon. -- FOTO 2 --

____________________________________

1976 – Falece aos 75 anos o pioneiro rondonense Rinaldo Ludwig, casado com a senhora Maria Ludwig. O casal chegou a Marechal Cândido Rondon em 07 de agosto de 1951. Aqui construiu a primeira serraria. Era muito conhecido por ser um exímio “arrumador de ossos e massagista”. -- FOTO 3 --

________________________________

1977 – Acontece a conclusão da colocação dos arcos da construção da cobertura do mini-ginásio do Ginásio Estadual Eron Domingues.

____________________________________

1983 - Acontece, com procissão, a celebração de Corpus Christi na Matriz Católica Sagrado Coração de Jesus (Rádio Difusora do Paraná, Frente Ampla de Notícias: vol. 99, p. 23, 06.1983).

_______________________________

1990 – Falece em Nova Petrópolis (RS) o pioneiro rondonense Helmuth Lohmann, aos 74 anos. Chegou na vila de General Rondon em outubro de 1952, na companhia da esposa Elsira Lemcke e dos filhos¹ Egon Adolfo, Rosemari, Gerda, Wili Germano e Gernot Bodo, procedente de Concórdia (SC). Em Marechal Cândido Rondon nasceu a filha Erica, em 1960.

¹ Egon Adolfo foi pastor em São Borja (RS), casou com Lori Vetter em Sapiranga (RS) em 1970 e fixou residência em Picada Café (RS), vindo a enviuvar em 1976. Mudou para Jaraguá do Sul (SC) e contraiu matrimônio em segundas núpcias com Rubia Froehner. Residem agora em Curitiba (PR).

Rosemari casou-se com Fred Koniecziniak (filho do casal pioneiro rondonense Teodoro e Ursula (Schmitz) Koniecziniak). Moram em Curitiba, assim como Gerda Lohmann, solteira, enfermeira aposentada.

Wili Germano Lohmann casou-se com Marly Weiss, em São Bento do Sul (SC). Residem em Nova Petrópolis (RS).

Gernot Bodo Lohmann casou-se com Circe Rasche em Nova Petropolis, onde moram.

Erica Lohmann casou-se com Ivo Barreto de Souza, de Sideropolis (SC). Moram em Blumenau (SC).

Inicialmente, em General Rondon, Helmuth Lohmann se dedicou à venda de terras de colonizadoras em diversos municípios do Oeste do Paraná. Anos depois instalou uma olaria onde atualmente (em 2017), estão os Loteamentos Port I e PII.

Em 1971 a família Lohmann se mudou para São Bento do Sul (SC). Alguns anos depois, fixou residência na cidade de Nova Petrópolis (RS).

Helmuth Lohmann nasceu em Erebango (RS), em 14 de novembro de 1915, filho de Valentim (nascido em Roca Sales, RS) e Adolfina (Ruppenthal) Lohmann, nascida em Três Coroas (RS). Casou-se em 31 de maio de 1942 com Elsira Lemcke, nascida em Marcelino Ramos (RS), filha de Carlos Alberto Lemcke ⁽²⁾ (nascido em Pelotas, RS) e de Elma Hofstaetter (nascida em Nova Petrópolis).

²⁾ Foi subprefeito do distrito rondonense de Porto Mendes.

A edição do Newsletter da Família Lohmann no Brasil, nº 12, edição de outubro de 2009, p. 01, em matéria sobre Helmuth Lohmann relata: “Casou com Elsira Lemke no ano de 1942, vindo a morar em Concórdia - SC. Ali estabeleceu-se com uma próspera casa de comércio de 'secos e molhados' [na localidade de Arabutã, grifo nosso], vendendo desde os produtos básicos, como açúcar e arroz (tinha descascador próprio), passando por um grande estoque de fazendas, até chapéus de feltro. Anexo à casa de comércio mantinha ainda, salão de baile e cancha de bolão. Em 1946, ele e a esposa adoeceram do tifo, tido na época como doença incurável. Então, na casa dos pais dele, ambos submeteram-se a tratamento alternativo de banhos de água, sendo curados. Ao retornarem, contudo, às atividades, o medo do contágio fez com que perdessem praticamente toda a freguesia, impossibilitando a continuação dos trabalhos. Com a venda do comércio o sr. Helmuth investiu o valor correspondente numa cerâmica no interior de Concórdia [na localidade de Santo Antônio, grifo nosso]. Pouco depois, no final dos anos quarenta, com o início da colonização do Oeste do Paraná, tornou-se corretor de terras da 'Madeireira e Colonizadora Rio Paraná’ (Maripá) e mais tarde da colonizadora 'Pinho e Terras'. Vindo a residir em Marechal Cândido Rondon - PR, viajava ao Rio Grande do Sul e Santa Catarina, buscando e trazendo eventuais compradores de terras agricultáveis, bem como de terrenos urbanos. Assim, tornou-se pioneiro e participou ativamente do crescimento de toda aquela região e, onde hoje, se localizam prósperas cidades como Palotina, Matelândia, Maripá, Marechal Cândido Rondon, Céu Azul, entre outras. Ainda nos anos cinquenta, estabeleceu-se mais uma vez no ramo da cerâmica, a primeira de Marechal Cândido Rondon. Em 1972, a família mudou-se para São Bento do Sul e a partir daí, o Sr. Helmuth começou a venda da raiz medicinal Tayuyá, que mais tarde, se tornou conhecida em todo o Sul do país. Em 1977, mudou-se para Nova Petrópolis - RS, continuando nos ramos das ervas medicinais, produzindo também pomadas, sabonetes e shampoos de ervas e raízes medicinais. O Sr. Helmuth foi incentivador da cultura, mormente da língua e cultura alemã, incentivando a leitura, o canto coral, sendo colaborador e escrevendo artigos para o jornal bilíngue 'Brasil Post'. Foi incentivador e co-fundador de escolas e do primeiro ginásio de Mal. Cândido Rondon, de vários corais [em Marechal Rondon foi co-fundador do Clube Aliança, grifo nosso] e clubes recreativos”. -- FOTOS 4 e 5 --

_______________________________

2003 – É realizada a interiorização da administração municipal de Marechal Cândido Rondon, no distrito rondonense de Novo Três Passos.

_______________________________

2008 - Pela lei nº11.687/2008, é instituido oficialmente no Brasil, o Dia Nacional do Imigrante Italiano. A data escolhida para a comemoração foi o dia 21 de fevereiro, em homenagem a primeira leva de imigrantes italianos que chegaram ao Brasil, no Espírito Santo, em 1874, organizada por Pietro Tabacchi.

No Sul do Brasil, os primeiros imigrantes italianos foram as famílias de Luigi Sperafico. Tomaso Radaelli e Stefano Crippa que se estabeleceram na atual localidade de Nova Milano, no município de Farroupilha, RS.

O Brasil é o país com a mais forte descendência italiana no mundo.

_____________________________________

2014 – É aberto o 7º Congresso de Ciências Agrárias do campus Unioeste de Marechal Cândido Rondon, com o tema “Tecnologia de Informação aplicada à Agropecuária”. O Congresso segue até o dia 05 de junho. Integrou também a programação do evento o 4º Encontro Regional de Controle Alternativo (ERCA). A palestra de abertura foi proferida pelo presidente da Copagril, senhor Ricardo Silvio Chapla. -- FOTO 6 --

_______________________________

2014 – São abertas as duas primeiras unidades de atendimento da Sicredi Aliança SP/PR, no Estado de São Paulo, nas cidades de Barretos e Orlândia (O Presente).

_______________________________

2015 – Falece vitima de enfarte, o empresário de palestras motivacionais, o rondonense Heinz Artur Schurt, na cidade de Florianópolis, onde residia. Seu corpo foi sepultado no cemitério municipal de Marechal Cândido Rondon. -- FOTO 7 --

_______________________________

2016 - Acontece o Dia de Campo da Milho Safrinha da Copagril, na Estação Experimental da cooperativa.

_______________________________

2017 - O jornal O Presente publica matéria especial destacando que os motoristas rondonenses homens têm 20 vezes mais carteiras cassadas do que as mulheres (O Presente, ed. 02.06.2016, p. 32 e 33).

____________________________________

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados