Acontecimentos históricos do dia 7 de Junho

1913 - Nasce na cidade de São Marcos (RS) o colonizador e pioneiro de Toledo, Alfredo Paschoal Ruaro. Foi um dos sócios fundadores da Maripá (...)

Alfredo Paschoal Ruaro, sócio-fundador da colonizadora Maripá, falecido em 03 de outubro de 2015, aos 103 anos, na cidade Balneário Camboriú, SC. Foi sepultado no Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba. 
Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 1 -
Alfredo Paschoal Ruaro, sócio-fundador da colonizadora Maripá, falecido em 03 de outubro de 2015, aos 103 anos, na cidade Balneário Camboriú, SC. Foi sepultado no Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba. Imagem: Acervo Gazeta do Povo - FOTO 1 -
O casal Adolina (nascidade Kramer) e José  Hassemer ( em memória). O casal com os filhos foram moradores pioneiros na Linha Ajuricaba.
Imagem: Acervo Roberto Hassemer - FOTO 2
O casal Adolina (nascidade Kramer) e José Hassemer ( em memória). O casal com os filhos foram moradores pioneiros na Linha Ajuricaba. Imagem: Acervo Roberto Hassemer - FOTO 2
O casal Francisca Vilma (nascidade Hassemer) e Osvino Ernesto e Francisca Vilma (Hassemer) Wolfart com a filha Enna c.c. Plínio Zastrow (em memória) com o filho do casal no colo e filha, o filho Claúdio (em memória), a filha Gladis c.c. Jordino Löwe, a filha Inge, e os filhos Egon e Irineu. Osvino Ernesto e Francisca Vilma moram hoje em Pato Bragado e ambos nonagenários. Imagem: Acervo aquiagora.net - FOTO 3 –
O casal Francisca Vilma (nascidade Hassemer) e Osvino Ernesto e Francisca Vilma (Hassemer) Wolfart com a filha Enna c.c. Plínio Zastrow (em memória) com o filho do casal no colo e filha, o filho Claúdio (em memória), a filha Gladis c.c. Jordino Löwe, a filha Inge, e os filhos Egon e Irineu. Osvino Ernesto e Francisca Vilma moram hoje em Pato Bragado e ambos nonagenários. Imagem: Acervo aquiagora.net - FOTO 3 –
Conorato Lohmann recostado junto a lataria do caminhão que traz a sua mudança a então General Rondon. O pioneiro faleceu em 07 de junho de 1978 e foi sepultado no cemitério público de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Orlando e Rafael Sturm - FOTO 4 -
Conorato Lohmann recostado junto a lataria do caminhão que traz a sua mudança a então General Rondon. O pioneiro faleceu em 07 de junho de 1978 e foi sepultado no cemitério público de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Orlando e Rafael Sturm - FOTO 4 -
Pioneira rondonense Amara Antônia Lins, uma das primeiras afrodescendentes a residir em Marechal Cândido Rondon. 
Imagem: Acervo Mirely Lins Weirich - FOTO 5 -
Pioneira rondonense Amara Antônia Lins, uma das primeiras afrodescendentes a residir em Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo Mirely Lins Weirich - FOTO 5 -
Casal pioneiro Amara Antonia e Benedito Firmino Lins, no distrito de Novo Horizonte. 
Imagem: Acervo Mirely Lins Weirich - FOTO 6 -
Casal pioneiro Amara Antonia e Benedito Firmino Lins, no distrito de Novo Horizonte. Imagem: Acervo Mirely Lins Weirich - FOTO 6 -
Paleontólogo  rondonense Sandro Scheffler. 
Imagem: Acervo pessoal - FOTO 6 -
Paleontólogo rondonense Sandro Scheffler. Imagem: Acervo pessoal - FOTO 6 -
Novo visual da agência da Sicredi PR/SP, em São José das Palmeiras, inaugurado em 07 de junho de 2018. 
Imagem: Acervo Sicredi Aliança PR/SP - FOTO 8 -
Novo visual da agência da Sicredi PR/SP, em São José das Palmeiras, inaugurado em 07 de junho de 2018. Imagem: Acervo Sicredi Aliança PR/SP - FOTO 8 -
Solenidade de abertura da agência revitalizada da Sicredi PR/SP, na cidade de São José das Palmeiras. 
Da esquerda à direita: Fernando Fenner, diretor-executivo da Sicredi Aliança PR/SP;  Vânia Vergani, gerente da unidade de São José das Palmeiras; Adolfo Freitag, presidente do Conselho de Administratção da Sicredi Aliança PR/SP; e Adriane Gomes, vice-prefeita de São José das Palmeiras. 
Imagem: Acervo Imprensa da Cooperativa de Crédito - FOTO 9 -
Solenidade de abertura da agência revitalizada da Sicredi PR/SP, na cidade de São José das Palmeiras. Da esquerda à direita: Fernando Fenner, diretor-executivo da Sicredi Aliança PR/SP; Vânia Vergani, gerente da unidade de São José das Palmeiras; Adolfo Freitag, presidente do Conselho de Administratção da Sicredi Aliança PR/SP; e Adriane Gomes, vice-prefeita de São José das Palmeiras. Imagem: Acervo Imprensa da Cooperativa de Crédito - FOTO 9 -
Vice-prefeito municipal de Entre Rios do Oeste, Ari Maldaner, discursando durante a solenidade de formatura de alunos de seu município no Proerd. 
Imagem: Acervo Imprensa - PM - Entre Rios do Oeste - Crédito: Patty Porto - FOTO 10 -
Vice-prefeito municipal de Entre Rios do Oeste, Ari Maldaner, discursando durante a solenidade de formatura de alunos de seu município no Proerd. Imagem: Acervo Imprensa - PM - Entre Rios do Oeste - Crédito: Patty Porto - FOTO 10 -

======================================================================================================

1494 - É assinado o Tratado de Tordesilhas¹ pelos reinos de Portugal e Espanha. Pelo acordo firmado, o Oeste do Paraná ficou como território espanhol (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo; Gráfica e Editora GFM, 2009. p.116)

¹ Essa linha fronteiriça foi modificada pelo Tratado de Santo Ildefonso, que fixou o Rio Paraná como novo limite de divisas entre os dois reinos (nota do pesquisador).

____________________________________

1913 - Nasce na cidade de São Marcos (RS) o colonizador e pioneiro de Toledo, Alfredo Paschoal Ruaro. Foi um dos sócios fundadores da Maripá, compradora da antiga Fazenda Britânia. Após três anos à frente da empresa, Ruaro junto com seus sócios fundou a firma Pinho & Terras, colonizadora da região que deu origem as cidades de Céu Azul, Matelândia, Medianeira, São Miguel do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu (BEAL, Vitor. Um Coração Valente - História do Padre Antônio Patuí - Fatos da Colonização de Toledo e Oeste do Paraná. Toledo: GFM Gráfica e Editora, 2012, p. 34 e ). -- FOT0 1 -- 

_____________________________________

1953 - Chega de mudança a Marechal Cândido Rondon, após três dias de viagem, o casal pioneiro Adolina (nascida Kramer) e José Hassemer, em companhia dos filhos Rudolfo, Hertha, Rudi, Rolf, Irmgard e Roberto, procedente de Arabutã, então pertencente ao município de Concórdia (SC). O casal foi pioneiro da Linha Ajuricaba. A mudança foi transportadora pelo caminhão de propriedade e motorista Enio Mützenberger (nota do pesquisador) -- FOTO 2 --

________________________________

 1953  - Chega de mudança a Marechal Cândido Rondon, após três dias de viagem,  o casal Francisca Vilma (nascida Hassemer) e Osvino Ernesto Wolfart, em companhia dos filhos Enna, Claúdio  e Gladis, procedente de Arabutã, então pertencente ao município de Concórdia (SC). A mudança foi transportada pelo caminhão de propriedade e motorista Albano Gewehr. O casal descarregou a mudança junto ao depósito de bebidas pertencente na época aos senhores Paulo Nack e Hugo Borgmann. O casal morou neste local até o dia 21 de março de 1956, quando a família foi a quarta a instalar-se na sede distrital de Iguiporã.

Detalhe: Os irmãos José e Francisca Vilma Hassemer são filhos do casal de imigrantes alemães Karl Hassemer e Marianne Priegels, que instalou-se na cidade de Erechim (RS). Karl Hassemer veio trabalhar na Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande do Sul.  Osvino Ernesto Wolfart é tetraneto do casal alemão imigrante Catharina  (nascida Herrmann) e Valentim Wolfart, naturais de Bermesheim v.d. Höhe,  do antigo Ducado do Hesse, Alemanha  (nota do pesquisador) -- FOTO 3 -- 

Ver mais, clique aqui

_______________________________

1977 – Acontece em Iguiporã a fusão do Esporte Clube Ouro Verde, da Linha Ouro Verde ne a Sociedade Esportiva e Recreativa União, da sede distrital, o que origem a Sociedade Esportiva e Recreativa Iguiporã.

_______________________________

1977 - Acontece na sede distrital de Margarida, com a organização do então Grêmio Estudantil Santos Dumont, a Maratona Cultural, evento da ARES - Associação Rondonense de Estudantes Secundários (Rádio Difusora Rondon, Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon:  vol. 35, de 29.4.77 a 11.6.77). 

_______________________________

1977 – É noticiado pela Rádio Difusora que a empresa Equagril, da cidade de Palotina, comprou o setor de revenda de tratores Ford, da Mercantil e Industrial GK, de propriedade de Guinter Kleemann, localizada a Avenida Irio Jacob Welp.

_______________________________

1978 - Falece o pioneiro Conorato Lohmann. -- FOTO 4 -- 

_______________________________

2003 - A administração pública de Pato Bragado conclui o programa de propiciar 100% de água encanada e tratada para a população do município (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: Gráfica e Editora GFM, 2009. p.116)

_____________________________________

2003 - Matérias divulgadas pela imprensa registram que o município de Quatro Pontes tem o menos índice de analfabetismo do Paraná e que 100% das crianças locais estão matriculadas nas escolas. As mesmas informações revelam que apenas 2.4% de adolescentes com mais de 15 anos não estão frequentando o ensino escolar (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo; Gráfica e Editora GFM, 2009. p.126)

_______________________________________

2011 -  Falece o pioneiro do distrito de Iguiporã, senhor Martin Albrecht (nota do pesquisador).

_______________________________

2017 - Falece  a pioneira Amara Antônia Lins (nascida Amara Belarmina da Conceição), que chegou a região de Mercedes Velha (Novo Horizonte) em 1958. Mãe de 13 filhos, Amara foi a matriarca de uma das primeiras famílias afrodescendentes a desembarcarem na localidade. Naquele local, até 1973, trabalharam como agricultores arrendatários.

Amara Antônia Lins é natural de Panelas - Pernambuco - e filha do casal Belarmina Maria Conceição e João Antonio da Silva. 

Casou-se e divorciou-se do também pioneiro Benedito Firmino Lins, filho de Firmina Sinhorinha Pereira e Antônio Firmino Lins. São filhos  do casal: Uilsa, Ulizia, Udilma, Ulice, Ovilma, Uvilza e Udila.

Curiosidade sobre os nomes: Quixabeira era o nome do chefe do cangaço de Lampião e padrinho da filha mais velha (Uilma), e aconselhou o pai a manter os filhos todos com a mesma inicial,  pois era algo promissor. O nome que inicia com O foi erro do cartorário no momento do registro. Os filhos mais velhos (Udilma, Uilsa, Uilson e Ulizia), nasceram em Alagoas, sendo Ulizia a primeira paranaense da família.

O casal Benedito Firmino e Amara Antônia e filhos chegaram ao Paraná na região do Norte Pioneiro, em Marumbi, por volta de 1953, e permaneceram naquela região até final de 1957, meados de 1958, quando chegaram ao Oeste do Paraná, na região do Arroio Guaçú. No atual município de Mercedes, para derrubada de mato, acreditando no discurso de que para cada determinada área derrubada, seria dado uma parte em terras.

Logo de início foi descoberto que a realidade não era bem essa e a família procurou outra forma de sobreviver na região. Foi então que a família conseguiu na antiga Mercedes Velha (Novo Horizonte), uma área de terra para trabalhar como agricultores arrendatários nas propriedades de Lito Boehm.  Mudaram-se para esta propriedade em dezembro de 1958, e no local já havia uma casa de madeira, onde fixaram residência até 1964. Depois, permanecendo na localidade, assumiram compromisso com outro patrão: Gentil Forlin, para quem trabalharam até 1973.

Conta Udilma, historiadora e filha do casal “ Não compramos terra porque meu pai não gostava de fazer dívida. A família Lins foi uma das primeiras afrodescendentes que chegaram no atual distrito de Novo Horizonte. Seu Benedito tinha fama de bravo e mantinha alguns costumes do povo nordestino, sendo rígido com os filhos com relação a brincadeiras e visitas. Mantinha uma tradição de realizar festas de São João no dia 23 de Junho, sendo pioneiro também nesse atrativo, quando montava uma grande fogueira, servia vinho, canjica, amendoim, batata e bolo de mandioca. Realizavam adivinhações e tornavam-se compadres, com uma brincadeira em volta da fogueira” (mensagem recebida de Mirely Lins Weirich, via Facebook, em 08.06.2017). -- FOTO  5 e 6 --  

_______________________________

2017 - Acontece no Museu Nacional do Rio de Janeiro, a abertura da esposição "No tempo em que o Brasil era mar", que tem a curadoria do palenteólogo rondonense Sandro Scheffler¹. -- FOTO 7 -- 

¹ O palenteólogo é filho do casal rondonense Ilone (nascida Schramm) e Arno Scheffler. 

________________________________

2018 - A Sicredi Aliança PR/SP, com sede central na cidade de Marechal Cândido Rondon, inaugura a revitalização de sua agência da cidade de São José das Palmeiras que foi reformada e recebeu a nova identidade visual do Sicredi. -- FOTOS 8 e 9 --

______________________________________

2019 - Acontece na cidade de Entre Rios do Oeste, a formatura de 59 alunos da rede municipal de ensino no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência - PROERD - (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 14.06.2019, p. 36 e 37). -- FOTO 10 --

_____________________________________

2020 - A Secretaria Municipal de Quatro Pontes (PR) confirma o primeiro caso positivo de morador acometido pelo novo coronavírus (COVID 19).

_____________________________________

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados