Acontecimentos históricos do dia 17 de Julho

1957 – Chega a então General Rondon, o pioneiro Auri Osmar Zart, procedente da cidade de Não Me Toque, RS [...]

O pioneiro Auri Osmar Zart (quarto da esquerda a direita), tendo a sua direita, o pai Edmundo Zart,  e seus irmãos Helmuth e Oswino, 
 o segundo e último, da esquerda à direita, respectivamente e os outros companheiros de pesca no Rio Paraná. 
Imagem: Acervo Auri Zart/Zeca Gentelini  - FOTO 1 -
O pioneiro Auri Osmar Zart (quarto da esquerda a direita), tendo a sua direita, o pai Edmundo Zart, e seus irmãos Helmuth e Oswino, o segundo e último, da esquerda à direita, respectivamente e os outros companheiros de pesca no Rio Paraná. Imagem: Acervo Auri Zart/Zeca Gentelini - FOTO 1 -
Capa  da Revista Paz nº 01, que circulou em julho de 2013. 
Imagem: Acervo da Revista - FOTO 2 -
Capa da Revista Paz nº 01, que circulou em julho de 2013. Imagem: Acervo da Revista - FOTO 2 -
Professora Lúcia Lucila Majolo homeneageada com o título de Cidadã Benemérita de Quatro Pontes.
Da esquerda à direita: os vereadores  Carlos Becker, João Laufer; Prefeito Municipal Paulo Fey, homenageada,  os vereadores Cesar Seidel, Tiago Hansel, Vilma Karchow e Romaldo Görgen. 
Imagem: Acervo Jair Majolo - FOTO 3 -
Professora Lúcia Lucila Majolo homeneageada com o título de Cidadã Benemérita de Quatro Pontes. Da esquerda à direita: os vereadores Carlos Becker, João Laufer; Prefeito Municipal Paulo Fey, homenageada, os vereadores Cesar Seidel, Tiago Hansel, Vilma Karchow e Romaldo Görgen. Imagem: Acervo Jair Majolo - FOTO 3 -
Alcino Biesdorf ganhador do laurél
Alcino Biesdorf ganhador do laurél "Personagem Destaque "Mérito Agropecuário 2015 de Marechal Cândido Rondon. Imagem: Acervo www.paranacooperativo.coop.br - FOTO 4-
Dentista rondonense João Ramos, falecido em julho de 2018. 
Imagem: Acervo Ivete Zschornack - FOTO 5 -
Dentista rondonense João Ramos, falecido em julho de 2018. Imagem: Acervo Ivete Zschornack - FOTO 5 -

======================================================================================================

1954 - (A data também pode ser 14 de gosto).  A extinta empresa aérea Cruzeiro do Sul começa a operar no aeroporto da cidade de Toledo, com vôos diários para as capitais Curitiba, Porto Alegre e São Paulo, além de cidades do interior do Paraná, Santa Ctarina e Rio Grande do Sul (Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo; Gráfica e Editora GFM, 2009. p. 158)

______________________________________

1957 – Chega a então General Rondon, o pioneiro Auri Osmar Zart, procedente da cidade de Não Me Toque, RS. Auri Osmar Zart é filho de Edmundo e Fridolina Zart e irmão de Virica Zart, esposa do então prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon, Dealmo Selmiro Poersch. Em Marechal Rondon, Auri casou-se com a professora Zita Deckes. Anos mais tarde o casal se separou. -- FOTO 1 -- 

_______________________________

1969 – Toma posse com delegado titular da Delegacia de Polícia de Marechal Cândido Rondon, o 1º Sargento Pekim Tenori de Souza, nomeado pela Portaria Estadual nº 1.559, de 07 de julho de 1969.

_______________________________

1976 – O município de Marechal Cândido Rondon estreia na Copa Tibagi de Futebol de Salão, na cidade de Cascavel, jogando contra o município de Campo Mourão, no Ginásio de Esportes Sergio Mario Festugatto. A equipe rondonense perdeu o jogo por 3x1 e foi eliminado da competição.

________________________________

2015 - A Câmara Municipal de Quatro Pontes, em sessão solene, outora o título de cidadã nenemérita à professora pioneira  Lúcia Lucila Majolo, que chegou à cidade em 1965, onde assumiu a Escola Municipal Dona Leopoldina, na época pertencente a rede pública de ensino de Marechal Cândido Rondon.

A homenageada  é natural de Venâncio Aires, RS (O Presente, ed.especial Marechal Cândido Rondon 55 Anos, p. 40).

______________________________________

2013 - Circula a primeira edição da Revista Paz em Marechal Cândido Rondon e região, criada pela jornalista rondonense Kelli Cristina Scherer. O objetivo  da publicação é levar mensagens de fé e esperança, com informações úteis, transformadoras e que possam fazer a diferença na vida das pessoas, representando uma opção única, exclusiva e diferenciada de leitura para a população rondonense e de municípios vizinhos. -- FOTO 2 --

____________________________________

2015 - A Câmara Municipal de Quatro Pontes, em sessão solene, outorga o título de Cidadã Benemérita à professora  Lúcia Lucila Majolo¹, que chegou à cidade em 1965, onde assumiu a Escola Municipal Dona Leopoldina, na época pertencente a rede pública de ensino de Marechal Cândido Rondon. (O Presente, ed.especial Marechal Cândido Rondon 55 Anos, p. 40). -- FOTO 3 --

¹ Lúcia Lucila Majolo é nascida em 20 de Dezembro de 1933, em Alto da Légua, município de Venâncio Aires, Estado do Rio de Grande do Sul. É a filha de mais nova do casal Margarida e Jacob Niederle, que tiveram 11(onze) filhos, Pedro – Paulo – Kuniberto – Maria – Augusto – Alfredo – Hilda – Olga – Thereza – Elza e Lucia.

A família perde a mãe, Margarida Niederle, em 1944, quando Lucia tinha 11(onze) anos de idade.

Em 1936, a família muda-se para Soledade (RS), onde se dedica à atividades agrícolas. Dois anos depois transfere residência para Lajeado Grande (RS), na época Palmeira das Missões.

No ano de 1948, a família passa a residir em  Crissiumal (RS). Em 1951,   Lucia Lucila entra no Convento de Freiras das Irmãs da Imaculada Conceição, no qual fica um ano e retorna para casa.

Em 1955 Lucia Majolo casa-se com Mario Majolo, que conhecia há cinco anos. O casal formou família com o nascimento de quatro filhos: Angélica – em 1956, Miria – em 1958, Jaime – em 1959 e Jair – em 1964, todos nascidos em Linha Alto Crissiumal.

No ano de 1965, a família decide vir morar no Paraná, em Quatro Pontes.

Em 02 de Janeiro deste ano, o esposo Mário vem com a mudança na companhia dos filhos Angélica, Miria e Jaime. A esposa Lucia e o filho Jair, por motivo de doença deste, vem de ônibus, posteriormente, no dia 18 de Janeiro de 1965. A família na cidade Quatro Pontes daquele ano.

Formação e atividades educacionais

 

Com relação a formação escolar, Lúcia Lucila Majolo cursa a Escola Normal Colegial Estadual, de 1969 a 1971, em Marechal Cândido Rondon; Faculdade de Pedagogia, em Palmas (PR), de 1973 a 1975; e Pós Graduação de Especialização em Administração Escolar, nos anos de 1978 e 1979.

 

Em 1952, anos 19 anos de idade, inicia a sua trajetória na educação, como Professora na Escola de Lajeado Progresso (RS). No ano seguinte, segue novamente para o Colégio das Irmãs Porto Alegre. Deixa o educandário e regressa novamente para casa no final deste ano.

 

Em 1954, assume a Escola em Alto Crissiumal na Igreja local, onde atua como professora e oficia cultos dominicais. Muitos dos filhos e netos dos seus primeiros alunos em Alto Crissiumal foram posteriormente seus alunos em Quatro Pontes.

 

Em 15 de Fevereiro de 1965, assume a Escola Municipal Dona Leopoldina, de Quatro Pontes, que havia sido fundada há 2(dois) anos, então pertencente ao município de Marechal Cândido Rondon. Foi professora e diretora da escola por muitos anos.

 

No ano de 1971 participa da fundação e criação do Colégio Ginasial Particular do Conselho Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC), o Colégio Cenecista Padre Montóia, que era mantido com recursos de mensalidades dos alunos.

Em 1981, assume as funções de Diretora e Administradora, sendo que 1984, o colégio passa à funcionar no mesmo prédio da Escola Municipal Dona Leopoldina, quando, ante as dificuldades de manter o ensino particular, o ginásio passou a ser Estadual.

Em 1976 assume também a direção do Colégio das Irmãs, em Quatro Pontes, onde hoje é o Seminário São Cura Dar’s.

No ano de 1978 presta concurso público ao quadro de magistério do Estado do Paraná, sendo que, dentre 1.509 concorrentes, obteve o 19º lugar.

Resumindo, a professora Lucia Lucila Majolo tem a seguinte trajetória na Educação e em outras atividades:

→ Professora da Escola Particular de Lajeado Progresso Distrito de Tiradentes – município de Três Passos (RS), em 1950;

→ Professora da Escola Particular da Capela Santa Catarina distrito de Crissiumal, Município de Três Passos(RS), de 1951 a 1953;

→ Professora da Escola Municipal Souza Dantas de Alto Crissiumal, - município de Crissiumal (RS), de 1953 a 1964;

→ Professora Estadual do Estado do Paraná, de 1973 a 1984;

→ Diretora e Administradora do Colégio Cenecista Padre Montóia Quatro Pontes, de 1981 a1982;

→ Professora e Diretora da Escola Municipal Dona Leopoldina

Quatro Pontes, de 15 de Fevereiro de 1965 a 26 de Setembro de 1983.

 

Em 1984, a professora se aposenta,no entanto continua a participar ativamente em segmentos da cidade de Quatro Pontes, atuando como:

● Catequista por 34 anos; Ministra Auxiliar e Missionária da Igreja Católica, realizando diversos serviços auxiliares em celebrações religiosas, visita à doentes, missões, atos fúnebres e outros.

● Suplente de Vereadora pelo município de Quatro Pontes, nas eleições de Outubro/2000.

● Presidente do Clube de Idosos Amigos de Quatro Pontes, por 06(seis) anos, época da fundação, legalização dos estatutos e construção da sede própria.

● Presidente do Conselho Tutelar de Quatro Pontes.

● Participação de Conselhos Municipais.

(Colaborou Jair Majolo).

___________________________________

2015  - Acontece na sede da Associação Atlética Banco do Brasil,  com começo as 19h30m, a solenidade do Prêmio Produtor Destaque 2015 de Marechal Cândido Rondon, organizado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário. -- FOTO 4 -- 

             Foram conferidos prêmios para onze famílias de agricultores:

              - bovinicultura de leite: Luiz Henrique Sturm;

              - produção de grãos: Márcio José Rempel e família;

              - horticultura: Sadi Maldaner e família;

              - suinocultura – categoria iniciador: Christian e Clayton Haab;

              - suinocultura – categoria terminador: Adriano e Cleonice Besen;

              - diversificação de atividades agropecuárias: Cláudio e Iara Bickel;

              - avicultura de corte: Adelar Borth;

              - piscicultura: Hilário Schöninger;

              - mandiocultura: André Afonço Bach e família;

              - inovação tecnológica na propriedade rural: Ademir Weirich, da Pescados Vitória; e

              - Personalidade Destaque “Mérito Agropecuário 2015”: Alcino Biesdorf.

_____________________________________

2016 - Acontece no município de Entre Rios do Oeste a 6º etapa do Cicluturismo 2016, organizado pela Agência de Desenvolvimebnto Turístico da Região das Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu  - ADETUR - (O Presente, edição de 19 de julho de 2016, p. 24).

________________________________

2018 - Falece o cirurgião-dentista rondonense João Ramos, vítima de câncer. -- FOTO 5 --

_____________________________________

 

Compartilhe

COMENTÁRIOS


Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados