Acontecimentos históricos do dia 27 de Agosto

1907 - O Governo do Paraná vende a Companhia de Maderas del Alto Paraná, com sede em São Paulo, uma área de terras de 274.752 hectares (...)

Certidão (primeira página) de registro de vendas de terras pelo Governo do Paraná à Companhia de Madeiras del Alto Paraná, em 1907 e 1911. 
Imagem: Acervo Memória Rondonense - IMAGEM 1 -
Certidão (primeira página) de registro de vendas de terras pelo Governo do Paraná à Companhia de Madeiras del Alto Paraná, em 1907 e 1911. Imagem: Acervo Memória Rondonense - IMAGEM 1 -
Certidão (segunda página) de registro de vendas de terras pelo Governo do Paraná à Companhia de Madeiras del Alto Paraná, em 1907 e 1911. 
Imagem: Acervo Memória Rondonense - IMAGEM 2 _
Certidão (segunda página) de registro de vendas de terras pelo Governo do Paraná à Companhia de Madeiras del Alto Paraná, em 1907 e 1911. Imagem: Acervo Memória Rondonense - IMAGEM 2 _
Família de Hetty e Arnaldo Willms fotografados a frente da residência de alvenaria construída na chácara de sua propriedade. 
Foi uma das primeiras moradias em alvenaria construídas no interior de Marechal Cândido Rondon.
Da esquerda a direita: Waldemar, Waldomiro (Chico), a mãe Hetty,  Alice, o pai Arnaldo, Miloca, Ernesto e Ivo. 
Imagem: Acervo Waldemar Willms - FOTO 3 -
Família de Hetty e Arnaldo Willms fotografados a frente da residência de alvenaria construída na chácara de sua propriedade. Foi uma das primeiras moradias em alvenaria construídas no interior de Marechal Cândido Rondon. Da esquerda a direita: Waldemar, Waldomiro (Chico), a mãe Hetty, Alice, o pai Arnaldo, Miloca, Ernesto e Ivo. Imagem: Acervo Waldemar Willms - FOTO 3 -
O casal Alceu Antimo Vezozzo, líder rotariano, morador em Curitiba. Imagem: Acervo memoriarondonense - FOTO 4 -
O casal Alceu Antimo Vezozzo, líder rotariano, morador em Curitiba. Imagem: Acervo memoriarondonense - FOTO 4 -
O pioneiro Armin Lindner, à esquerda,  com o vizinho Carlos Henrique Jope, na solenidade de inauguração da então Escola Municipal Vasco do Gama, em Esquina Guaíra, em 1972. Imagem: Acervo Claudio e Merci Lindner - FOTO 45-
O pioneiro Armin Lindner, à esquerda, com o vizinho Carlos Henrique Jope, na solenidade de inauguração da então Escola Municipal Vasco do Gama, em Esquina Guaíra, em 1972. Imagem: Acervo Claudio e Merci Lindner - FOTO 45-
Arquitetas Cynthia Lange e Sindi Wink que participaram 4ª edição da
Arquitetas Cynthia Lange e Sindi Wink que participaram 4ª edição da "Casa Toledo". Imagem: Acervo O Presente - FOTO 6 -
João Carlos D'Avila Paixão Côrtes, fundador do movimento tradicionalista gaúcho, falecido em final de Agosto de 2018.
Imagem: Acervo RBS/TV - Crédito: Rafael Nemitz - FOTO 7 -
João Carlos D'Avila Paixão Côrtes, fundador do movimento tradicionalista gaúcho, falecido em final de Agosto de 2018. Imagem: Acervo RBS/TV - Crédito: Rafael Nemitz - FOTO 7 -
Assinatura de termo de repasse de recursos na Caixa Econômica Federal(CEF) para obras no município de Marechal Cândido Rondon, em final de agosto de 2018.
Da esquerda à direita: prefeito municipal de Marcio Andrei Rauber, secretário municipal de Coordenação e Planejamento, Reinar Seyboth e superintendente regional da CEF, Paulo Schade. 
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 8 -
Assinatura de termo de repasse de recursos na Caixa Econômica Federal(CEF) para obras no município de Marechal Cândido Rondon, em final de agosto de 2018. Da esquerda à direita: prefeito municipal de Marcio Andrei Rauber, secretário municipal de Coordenação e Planejamento, Reinar Seyboth e superintendente regional da CEF, Paulo Schade. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 8 -

======================================================================================================

1907 - O Governo do Paraná vende à Companhia de Maderas del Alto Paraná, com sede em São Paulo uma área de terras de 274.752 hectares, conforme assentamento feito no Registro Geral de Imóveis de Foz do Iguaçu, às folhas 93, do Livro nº 3, sob o nº 461.

Esta área e mais uma segunda gleba de 23.314 hectares, adquirida pela mesma Companhia, em 27 de março de 1911, formaram a "Fazenda Britânia", vendida décadas depois para a Industrial Madeireira Colonizadora Rio Paraná Sociedade Anônima - MARIPÁ -, conforme escritura lavrada pelo Tabelião Mario Maciel da Costa, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 10 de setembro de 1946. -- FOTOS 1 e 2 --

______________________________

1952 - Chega de mudança à então vila de General Rondon, o casal Hetty¹ (nascida Dockhorn, em 09 de dezembro de 1915) e Arnaldo Willms² (nascido em 19 de dezembro de 1913), na companhia dos filhos³ Waldemar, Miloca e Waldomiro, procedente de Crissiumal, na época distrito do município de Três Passos (RS).

Arnaldo Willms esteve duas vezes anteriromente no Oeste do Paraná antes de mudar-se definitivamente com a família para cá. A primeira em 1950, veio conhecer a região e tempo que ajudou a construir o histórico Hotel Avenida; e novamente em 1951. Nas duas vindas veio verificar com melhor alojar a família no novo projeto de colonização e se isso não traria graves consequências para a mesma.

 

¹ Hetty Dockhorn é filha do casal Emilie (nascida Zappe) e Carl Dockhorn. Neta do casal Catharina Elizabeth (nascida Stamm) e de Johann Nicolau Dockhorn e bisneta do imigrante alemão Johann Friedrich Dockhorn, nascido em Hettstedt bei Eisleben, na Saxônia (Sachsen), Alemanha, em 18 de outubro de 1799. Filha de Johanna (nascida Fleuthe) e de Johann August Dockhorn.

Com a profissão de colono e curtidor de peles, em 1824, com 25 anos, Johann Friedrich Dockhorn emigra para o Brasil. Embarca no porto de Hamburgo no veleiro "Carolina", com mais 111 imigrantes. Chega a São Leopoldo, RS, em 21 de maio de 1825. Em 10 de fevereiro de 1828 casa-se com a imigrante alemã Anna Juliana Tatsch (DOCKHORN, Avelino. Genealogia e história do imigrante JOHANN FRIEDRICH DOCKHORN (João Frederico) E SEUS DESCENDENTES -1825 - 1988. Porto Alegre: AGE - Assessoria Gráfica e Editorial Ltda., 1988, p. 47,48, 118, 320 e 326).

 

² Arnaldo Willms é nascido em 19 de dezembro de 1913, filho de Rosa (nascida Schwertz) e João Pedro Willms (católicos). Ao se casar optou pela religião da esposa, evangélica luterana (IECLB).
 

Faleceu em Marechal Cândido Rondon no dia 17 de novembro de 1989 e esposa Hetty faleceu no dia 14.04.2012, aos 96 anos de idade. Ambos estão sepultados no cemitério público da cidade de Marechal Cândido Rondon.

 

³ Em Marechal Cândido Rondon, o casal Hetty e Arnaldo Willms teve ainda os filhos: Ernesto, Alice e Ivo.

- Waldemar casou-se com a Anoria Roese,

- Miloca com Ivo Lohman,

- Waldomiro com Diva Fenner,

- Ernesto com ... Weber,

- Alice - solteira, e

- Ivo casou-se com Suzi Laske.

Atualmente (18.11.2017), os filhos Waldomiro e Ivo residem na República do Paraguai.

 

Detalhe: Waldemar foi o aluno de matrícula 42 da primeira escola de Marechal Cândido Rondon, onde foi professor Osmar Franke.

 

A família Willms quando chegou de mudança a então General Rondon foi morar numa residência semi-pronta (faltavam ainda portas e janelas), à Rua Santa Catarina, segundo terreno a partir da Rua Cabral, à direita, sentido leste-oeste.

Mais tarde, a família foi residir na esquina das Ruas 12 de Outubro e Santa Catarina, à esquerda, no sentido sul-norte, na quadra entre as Ruas Santa Catarina e Paraná.

om gosto pela agricultura e criação de animais, anos depois os Willms se mudam para a chácara de sua propriedade, que fica aos fundos do complexo esportivo do Anel Viário, depois do riacho.

⁵ A chácara hoje não é mais de propriedade da família.

Enquanto a família Willms permanecia morando na sede da então vila de General Rondon, o pai Arnaldo trabalhou como carpinteiro (muitas das construções pioneiras foram edificadas por ele) e também teve sociedade num açougue com o pioeneiro Rinaldo Ludwig, que construiu a primeira serraria em Marechal Cândido Rondon. -- FOTO 3 --

(Fora os detalhes do livro citado, as outras infromações foram coletadas com Waldemar Willms, em 17 de novembro de 2017).

_____________________________________

1970 - O Rotary Clube de Marechal Cândido Rondon recebe a visita do governador distrital do clube de serviço, senhor Alceu Antimo Vezozzo e sua esposa Laila (casal é proprietário da rede de hotéis Bourbon, atualmente (17.11.2017).-- FOTO 4 --

______________________________

1977 - O vereador Ariovaldo Luiz Bier apresenta na Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon indicação sugerindo ao Executivo Municipal para que proceda estudos para a instalação de uma feira livre de horti-fruti-granjeiros¹ (VIANNA, Dirceu da Cruz. Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol. 37, cad.  28.07.1977 a 10.09.1977, ed. 26.08.1977, p. 457).

¹ A sugestão resultou na criação da Feira do Produtor de Marechal Cândido Rondon que ainda acontece na atualidade (07.03.2020), ao lado do prédio do Sindicato Rural Patronal (nota do pesquisador). 

_________________________________

1977 - Começa no período vespertino e segue até o final do período matutino do dia seguinte, o Seminário de Normas Parlamentares, promovido pela Câmara Junior de Marechal Cândido Rondon (CAJUMAR). O seminário é ministrado pelo senador júnior¹ da  Câmara Junior Internacioanl (JCI), Idemar Froldi.  À noite, em comemoração festiva, a Câmara Júnior rondonense homenageou o senador JCI Otto Keller com o título de membro honorário do capítulo de Marechal Cândido Rondon (LOHMANN, Eloi. Câmara Junior vai promover seminário de normas parlamentares (nota a imprensa). Marechal Cândido Rondon: Frente Ampla de Notícias. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol. 37, cad.  28.07.1977 a 10.09.1977, ed. 26.08.1977, p. 445).

¹ Atribuição honorífica conferida ao membro júnior pela JCI por indicação da organização local, por relevantes contribuições prestadas à sociedade e ao capítulo (nota do pesquisador). 

________________________________________

1987 - É constituída a empresa Ferrovia da Produção S.A., que deu origem, posteriormente, à Ferroeste (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: Gráfica e Editora GFM, 2009. p.189).

_______________________________________

2003 – Falece o pioneiro Armin Erwin Lindner, que chegou em Marechal Cândido Rondon em maio de 1955, procedente de Ajuricaba, RS., onde nasceu em 01 de fevereiro de 1929. Era filho do casal Joana (nascida Wolfran) e Julio Lindner. No Paraná, casou-se com a jovem pioneira Hertha Hedwig Weimann, filha do casal alemão imigrante Wanda (nascida Rehl) e Edmund Weimann, em 19 de março de 1955.

São filhos do casal Hertha Hedwig e Armin Erwin Lindner: Sidoni, Egon, Theno, Ines, Mariliza, Nadir, Nelsi, Liane, Rosane, Cláudio e Erno (Chico).

A senhora Hertha Hedwig Lindner é falecida em 13 de fevereiro de 1998 e foi sepultada no cemitério público da cidade de Marechal Cândido Rondon.

Hertha Hedwig Lindner é falecida em 13 de fevereiro de 1998 (Informação recebida de Merci Witeck Lindner, via wahtsapp, em 28.08.2017) .-- FOTO 5 --

______________________________

2015 - Acontece no Centro de Eventos de Marechal Cândido Rondon,a Feira de Profissões 2015, com o objetivo de apresentar aos jovens locais múltiplas carreiras profissionais dentro do projeto "O Presente no Futuro", da Secretaria Municipal de Assistência Social do município (O Presente).

______________________________

2015 - As arquitetas Cynthia Lang e Sindi Wink participam da 4ª edição da "Casa do Toledo". É a primeira vez que profissionais rondonenses participam do evento. -- FOTO 6 --

______________________________

2015 - Os rondonenses Leandro Patrick Santana e Djeison Maciel Raupp se apresentam na arena de rodeios da Festa do Peão de Boiadeiro, de Barretos (SP), na modalidade de skidcare – manobras radicais com um retroescavadeira e duas minicarregadeiras. A apresentação precedeu os shows de Michel Teló e Bruno e Marrone. -- FOTO 7 --

______________________________

2018 - Falece em Porto Alegre, o criador do "tradicionalismo gaúcho¹", João Carlos D'Ávila Paixão Côrtes, natural de Santana do Livramento (RS), onde nasceu em 12 de julho de 1927.

¹ Como próprio Paixão Côrtes deifniu: gaúcho é um estado de espírito e quem nasce no Rio Grande do Sul é rio-grandense.

Era engenheiro-agronômo de formação, mas, tornou-se famoso como folclorista, radialista e pesquisador.

Foi fundador do primeiro centro de tradições gaúchas (CTG), na capital gaúcha, o 35, em 1948, junto com Luiz Carlos Barbosa Lessa seu principal parceiro na formatação do movimento tradicionalista e mais Glauco Saraiva e Hélio José Moro. O pioneiro CTG se multiplicou em milhares que espalham pelo Brasil. Em Marechal Cândido Rondon, existe o CTG Tertúlia do Paraná (antes Relembrando os Pagos) e, na cidade de Pato Bragado, o CTG Sepé Tiaraju.

O tradicionalismo idealizado por Paixão Côrtes, de caráter popular, tem o propósito de fortalecer e valorizar a história, a cultura, os usos e costumes do gaúcho (alguns criados arbitrariamente e outros agregados, como amplamente pesquisados e discutidos por diversos historiadores) frente à pressão de bens culturais estrangeiros, como dos Estados Unidos.

Côrtes foi o mentor de uma série de solenidades que visam a chamar a atenção para os símbolos socioculturais do gauchismo: a Chama Crioula (criada em 1947, como uma extensão da Chama da Semana da Pátria), o Desfile dos Cavalarianos, a Ronda Crioula (que, nos anos 1960, deu origem à Semana Farroupilha²). -- FOTO 8 --

² Revolta no Período Regencial, entre 1835 e 1845, quando as províncias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina se proclamam duas repúblicas independentes do governo imperial.​​​​​​, sem sucesso.

______________________________________

2018 - Após um período de férias de 12 dias, reassume o cargo de prefeito municipal de Marechal Cândido Rondon, o titular Marcio Andre Rauber.

______________________________________

2018 - O prefeito municipal Marcio Andrei Rauber, de Marechal Cândido Rondon, assina na superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF), na cidade de Cascavel (PR), contrato de repasse de 901.118,72 oriundo dos ministérios da Agricultura, Abastecimento e Agropecuário, das Cidades e do Turismo, com contrapartida do município.

Os recursos serão utilizados para a revitalização do centro de eventos do Parque de Exposições da cidade de Marechal Cândido Rondon, na pavimentação com pedras poliédricas da estrada entre as sedes distritais de Porto Mendes e Bela Vista , e para obras de infraestrutura (pavimentação asfáltica, tubulação para águas pluviais, meio-fio e implantação de calçamento no Condomínio Residencia Guarani, no Bairro Vila Gaúcha (O Presente, ed. 28.08.2018, p. 26). -- FOTO 9 --

________________________________________

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados