Acontecimentos históricos do dia 29 de Abril

1977 - Falece o senhor Edgar Weber, pioneiro e primeiro proprietário de serraria no distrito de Iguiporã [...]

Edgar Weber, pioneiro do distrito de Iguiporã, falecido em 29 de abril de 1977. 
Imagem: Acervo Nelsin Weber Fischer
Edgar Weber, pioneiro do distrito de Iguiporã, falecido em 29 de abril de 1977. Imagem: Acervo Nelsin Weber Fischer
Edgar Weber com a esposa Amália e filhos em frente ao abrigo improvisado nas terras adquiridas  em Bom Jardim,  no período de derrubada de mato para a formação de lavoura. 
Da esquerda a direita: Leo Zeno, Helio,  pai Edgar Weber, Ruben,  a  senhora Amália,  Lauri e a filha Nelsi Helena. 
Imagem: Acervo Nelsi Weber Fischer - Santa Clara do Sul , RS - FOTO 2 -
Edgar Weber com a esposa Amália e filhos em frente ao abrigo improvisado nas terras adquiridas em Bom Jardim, no período de derrubada de mato para a formação de lavoura. Da esquerda a direita: Leo Zeno, Helio, pai Edgar Weber, Ruben, a senhora Amália, Lauri e a filha Nelsi Helena. Imagem: Acervo Nelsi Weber Fischer - Santa Clara do Sul , RS - FOTO 2 -
A família Weber no interior do abrigo na hora do chimarrão. 
Da esquerda a direita:  a senhora Amália Weber, a filha Nelsi, o patriarca Edgar e o filho Ruben. 
A frente, sentados: os filhos Lauri, Helio e Leo Zeno. 
Imagem: Acervo Nelsi  Weber Fischer - Santa Clara do Sul, RS - FOTO 3 -
A família Weber no interior do abrigo na hora do chimarrão. Da esquerda a direita: a senhora Amália Weber, a filha Nelsi, o patriarca Edgar e o filho Ruben. A frente, sentados: os filhos Lauri, Helio e Leo Zeno. Imagem: Acervo Nelsi Weber Fischer - Santa Clara do Sul, RS - FOTO 3 -
Alambique para extração de óleo de hortelã construído pelo pioneiro Edgar Weber, em suas terras no distrito de Bom Jardim, na década de 1970. 
Imagem: Acervo Nelsi Weber Fischer - Santa Clara do Sul, RS - FOTO 4 -
Alambique para extração de óleo de hortelã construído pelo pioneiro Edgar Weber, em suas terras no distrito de Bom Jardim, na década de 1970. Imagem: Acervo Nelsi Weber Fischer - Santa Clara do Sul, RS - FOTO 4 -
Santos Dumont (e) durante a sua visita a cidade de Foz do Iguaçu.
Imagem: Acervo Projeto Memória Rondonense - FOTO 5 -
Santos Dumont (e) durante a sua visita a cidade de Foz do Iguaçu. Imagem: Acervo Projeto Memória Rondonense - FOTO 5 -
General Rondon ( de capacete, segundo depois do oficial de poncho, à esquerda) e sua oficialidade frustrados com a fuga dos revolucionários para a margem paraguaia.
Imagem: Acervo Fundação Getúlio Vargas. - FOTO 6 -
General Rondon ( de capacete, segundo depois do oficial de poncho, à esquerda) e sua oficialidade frustrados com a fuga dos revolucionários para a margem paraguaia. Imagem: Acervo Fundação Getúlio Vargas. - FOTO 6 -
Transcrição do telegrama do General Rondon para Arthur Bernardes, publicado em
Transcrição do telegrama do General Rondon para Arthur Bernardes, publicado em "A Coluna Prestes e a Política Brasileira na década de 1920 - As Relações Brasil-Argentina, de Mateus Fernandes Xavier (dissertação para obtenção de título de mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília), página 80. - FOTO 7 -
Casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl perante o juíz de Paz Waldi Winter e a testemunha, a radialista e professora Noemi Strelow.
Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 8 -
Casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl perante o juíz de Paz Waldi Winter e a testemunha, a radialista e professora Noemi Strelow. Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 8 -
Casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl.
Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 9 -
Casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl. Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 9 -
Comemoração festiva do casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl. 
À esquerda, casal Frida Joana e Ermindo Kehl, pais do noivo. 
A menina de branco, olhando para trás, é Marlise Meier, irmã da noiva.
Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 10 -
Comemoração festiva do casamento de Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl. À esquerda, casal Frida Joana e Ermindo Kehl, pais do noivo. A menina de branco, olhando para trás, é Marlise Meier, irmã da noiva. Imagem: Acervo Graciela Marques Gonsalves - FOTO 10 -
Casal pioneiro Crecencia e Arsenio Carlos Henz que chegou ao município de Marechal Cândido Rondon, em final de abril de 1967.
Imagem: Acervo Geni Maria Henz - FOTO 11 -
Casal pioneiro Crecencia e Arsenio Carlos Henz que chegou ao município de Marechal Cândido Rondon, em final de abril de 1967. Imagem: Acervo Geni Maria Henz - FOTO 11 -
Residência da família Henz na localidade de Bom Princípio (RS) antes de se mudar para Quatro Pontes. 
Imagem: Acervo Geni Maria Henz - FOTO 12 -
Residência da família Henz na localidade de Bom Princípio (RS) antes de se mudar para Quatro Pontes. Imagem: Acervo Geni Maria Henz - FOTO 12 -
Pioneiro rondonense Kuniberto Theo Barbian falecido em final de abril de 1995. 
Imagem: Acervo da família. -- FOTO 13 -
Pioneiro rondonense Kuniberto Theo Barbian falecido em final de abril de 1995. Imagem: Acervo da família. -- FOTO 13 -
Vereador Valdecir Bischof , da Câmara Municipal de Entre Rios do Oeste, falecido em 29 de abril de 2016. 
Imagem: Acervo Portal Rondon - FOTO 14 -
Vereador Valdecir Bischof , da Câmara Municipal de Entre Rios do Oeste, falecido em 29 de abril de 2016. Imagem: Acervo Portal Rondon - FOTO 14 -
Entrega do Prêmio AquiAgora.net 2017, em Mercedes. 
Da esquerda para a direita:
Cristine Kempp - Diretora site de notícias AquiAgora.net;  Silvana Marta Groff Grando - Vice Presidente  da Associação Comercial e Industrial de Mercedes – ACIM;  Bianca Ressel Moenster – funcionária da  ACIM ;  Vanessa Ressel Moenster – funcionária da ACIM ;  Egon Iappe - Presidente   da ACIM;  Daiane Regina Eger Lucian - Vice Presidente da Indústria da ACIM;                    Robson Freiberger - Vice Presidente do Comércio  da ACIM;  Charles Cardoso de Aguiar - Vice Presidente do Agronegócio da ACIM  e Deputado Estadual Ademir Bier.
Imagem: Acervo AquiAgora.net - FOTO 15 -
Entrega do Prêmio AquiAgora.net 2017, em Mercedes. Da esquerda para a direita: Cristine Kempp - Diretora site de notícias AquiAgora.net; Silvana Marta Groff Grando - Vice Presidente da Associação Comercial e Industrial de Mercedes – ACIM; Bianca Ressel Moenster – funcionária da ACIM ; Vanessa Ressel Moenster – funcionária da ACIM ; Egon Iappe - Presidente da ACIM; Daiane Regina Eger Lucian - Vice Presidente da Indústria da ACIM; Robson Freiberger - Vice Presidente do Comércio da ACIM; Charles Cardoso de Aguiar - Vice Presidente do Agronegócio da ACIM e Deputado Estadual Ademir Bier. Imagem: Acervo AquiAgora.net - FOTO 15 -
Tenista rondonense Thiago Wild com o título do Torneio Future 2018. 
Imagem: Acervo TennisInfo - FOTO 16 -
Tenista rondonense Thiago Wild com o título do Torneio Future 2018. Imagem: Acervo TennisInfo - FOTO 16 -
Neldo Mautauro, presidente da Associação dos Moradores da Linha Itá, no corte de um cupim durante a 13ª Festa do Cupim da Linha Itá, município de Quatro Pontes. 
Imagem: Acervo Imprensa PM-Quatro Pontes - Crédito: Diego Francener - FOTO 17 -
Neldo Mautauro, presidente da Associação dos Moradores da Linha Itá, no corte de um cupim durante a 13ª Festa do Cupim da Linha Itá, município de Quatro Pontes. Imagem: Acervo Imprensa PM-Quatro Pontes - Crédito: Diego Francener - FOTO 17 -
Destaque do Boletim Informativo do Sistema FAEP sobre a estria bacteriana no Oeste do Paraná.
Imagem: Acervo FAEP - FOTO 18 -
Destaque do Boletim Informativo do Sistema FAEP sobre a estria bacteriana no Oeste do Paraná. Imagem: Acervo FAEP - FOTO 18 -
Músico rondonense Dirceu (Negrão) Pedralli que com sua banda produziu o vídeo sobre  a superação das medidas de isolamento social. 
Imagem: Acervo O Presente - FOTO 19
Músico rondonense Dirceu (Negrão) Pedralli que com sua banda produziu o vídeo sobre a superação das medidas de isolamento social. Imagem: Acervo O Presente - FOTO 19
Poente visto desde a cidade de Marechal Cândido Rondon, em 29 de abril de 2021. 
A fotografia foi clicada pela pioneira rondonense Ilda Bet.
Imagem: Acervo e crédito da autora - FOTO 20 -
Poente visto desde a cidade de Marechal Cândido Rondon, em 29 de abril de 2021. A fotografia foi clicada pela pioneira rondonense Ilda Bet. Imagem: Acervo e crédito da autora - FOTO 20 -
Por do sol visto desde a cidade de Quatro Pontes, em 29 de abril de 2021.
Imagem: Acervo e crédito de Cristaine Schurt Cebantos - FOTO 21 -
Por do sol visto desde a cidade de Quatro Pontes, em 29 de abril de 2021. Imagem: Acervo e crédito de Cristaine Schurt Cebantos - FOTO 21 -

======================================================================================================

1722 – Por carta régia desta data foi autorizado o comércio entre os moradores de Paranaguá e seus distritos e a Colônia de Sacramento, Buenos Aires e vilas às margens do Rio da Prata, a fim de poderem eles ir até ali levar, em suas embarcações, os frutos da terra, telhas, tijolos, madeiras, cal de ostras e a congonha (erva-mate).

Essa sábia medida foi tomada em virtude da representação do Ouvidor Rafael Pires Pardinho, que mostrou a El-Rey as vantagens extraordinárias que desse comércio redundaria às possessões portuguesas da América, pelo incremento da lavoura, da indústria, do comércio e o consequente povoamento do sul do Brasil e pela prática que, com a navegação mercante, se adquiriria da costa (NEGRÃO, Francisco. Efemérides Paranaenses. Ampliação e Revisão de Carlos Zatti. Curitiba: Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, enviado via meio eletrônico, em 28.04.2021). 

_________________________________________

1916 – Chegava, à meia noite, em Catanduvas (PR) depois de exaustiva viagem, desde Foz do Iguaçu, onde visitou as Cataratas, Alberto Santos Dumont (NEGRÃO, Francisco. Efemérides Paranaenses. Ampliação e Revisão de Carlos Zatti. Curitiba: Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, enviado via meio digital (e-mail), em 28.04.2021). -- FOTO 5 --

_________________________________________

1925 – Impossibilitados de seguirem pelo território brasileiro, face a força inimiga de 15.000 soldados bem armados, comandadas pelo General Rondon, terminaram a travessia do rio Paraná, em Porto Mendes, então, por território paraguaio, os revolucionários paulistas e gaúchos seguem ao Mato Grosso (NEGRÃO. FranciscoEfemérides Paranaenses. Revisão e ampliação de Carlos Zatti. Curitiba: Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, enviado via meio eletrônico (e-mail), em 28.4.2021). -- FOTO 6 --

A escapada dos revoltosos causou enorme desapontamento ao General Rondon. Havia comunicado ao gabinete do Presidente Arthur Bernardes que os rebelados estavam metidos no fundo da garrafa, bastava fechá-la (LIMA, Lourenço Moreira.A Coluna Prestes Marchas e Combates. São Paulo: Editora Alfa-Omega, 3ª ed., 1979: 127). -- FOTO 7 --

O mesmo Lourenço Moreira Lima, diarista da Coluna Prestes, relata quanto a ousadia travessia do grande rio: 
 

" A travessia do Paraná foi iniciada incontinente, embarcando parte da tropa em Porto Mendes e parte em Porto Artaza, uns dois quilômetros abaixo desde lugar.
O "Assis Brasil¹" seguiu logo depois para Britânia, a fim de transpor parte do 3º R. C. e 1º B. F. V., que ali estavam, regressando na manhã de 29, quando terminou a passagem das últimas forças.
O embarque da artilharia foi relativamente fácil, descendo os canhões na zorra movida a vapor existente em Porto Mendes.
O desembarque foi, porem, difícil, bem como a subida para a vila paraguaia.
Os canhões foram guindados por meio de cabos que numerosos soldados puxavam por uma ladeira de cento e tantos metros de altura, cheia de pedras, curvas e buracos, e de grande declive.
No dia, 29, pelas duas da tarde, vimos uma pequena patrulha inimiga que se aproximava cautelosamente de Porto Artaza, aparecendo depois uma força maior.
A Coluna revolucionária estava toda em território paraguaio, tendo sido feita a travessia do Paraná, do dia 27 às 5 horas da manhã do dia 29, em viagens consecutivas, a guarnição do "Bell²" se esmerou em nos ser agradável" (ibid: 126 e 127).

 

¹ Embarcação de propriedade dos revolucionários.
 

² Vapor pertencente a uma empresa argentina, de Posadas, e sequestrado pelos revoltosos para a travessia. 

 

_______________________________________

1963 - Assume como pastor da Igreja Evangélica Congregacional de Marechal Cândido Rondon, o reverendo Gustavo Altmann, procedente de Esperança, município de Três Passos, Rio Grande do Sul (GREGORY, Valdir et allii. IECB 50 ANOS - 1959 a 2009. Marechal Cândido Rondon: Editora Germânica, 2008: 029). 

_______________________________

1964 - É Domingo de Páscoa. 

_______________________________

1967 - Casam-se os jovens rondonenses Ermella Meier e Ilário Ermindo Kehl (Alemão Loko, comunicador de rádio.). Ela filha do casal pioneiro Elisa Herta (nascida Rehfeld) e Alberto Meier; e ele filho de Frida Joana (nascida Fockink) e Ermindo Kehl. 

Ermella e Ilário Ermindo formaram família com o nascimento das filhas Grace¹ e Graciela² (colaborou Graciela Marques Gonsalves). -- FOTOS 8, 9 e 10 --
 


¹ Casou-se com Wilson Severlin. 

² Contraiu matrimônio com Jailson Ricardo Marques Gonsalves.


Ver mais, clique aqui

__________________________________________________________________________

1967 - Chega de mudança na atual cidade de Quatro Pontes (PR), o casal pioneiro Crecencia¹ (filha do casal Ana (nascida Velter) e Willibaldo Boeni) e Arsenio Carlos Henz² (filho de Sibila (nascida Dresch) e Antonio Henz), na companhia dos filhos Liriam, Geni Maria, Izolde e Paulo, procedente de São Sebastião do Caí (RS). Na nova morada, a família atuou na agricultura (colaborou Geni Maria Henz). -- FOTOS 11 e 12 --
 

¹ É falecida em 06 de julho de 1986 e seu corpo foi sepultado no cemitério público de Quatro Pontes.


² É falecido em 03 de dezembro de 2000 e seu corpo igualmente no sepultado no cemitério referido.

_______________________________________

1976 – Acontece a emancipação político-administrativa do município de Nova Santa Rosa,  pela Lei Estadual nº 09/73. O município é instalado em 1º de fevereiro de 1977 (nota do pesquisador).

_________________________________

1977 -  Visitam Marechal Cândido Rondon, os engenheiros Gercy Pereira de Almeida e Sinésio Aristeu da Luz, do departamento de construções civis da então Telepar, para definir local para a construção da central telefônica na então sede distrital de Pato Bragado (nota do pesquisador).

_______________________________

1977 – Falece o pioneiro rondonense Edgar Weber, primeiro proprietário de serraria no distrito de Iguiporã. Mais tarde, em 03 de setembro de 1964, fixou residência com a família na localidade de Bom Jardim, como agricultor. Naquela vila se tornou um forte líder comunitário, onde foi fundador da Escola Municipal, depois Grupo Escolar Afonso Pena. Por cinco anos consecutivos foi presidente da associação escolar local. Também foi fundador da extinta Sociedade Esportiva Recreativa Cultural 25 de Julho, na mesma localidade. 

Edgar Weber nasceu em Sampainho, localidade no município de Lageado (RS) – hoje pertencente ao município de Santa Clara do Sul –, em 15 de junho de 1915, filho do casal Emilia (nascida Schossler) e José Weber Filho. Casou-se em 18 de janeiro de 1939, em Venâncio Aires (RS) com Amália Rösler, nascida em 07 de outubro de 1922, na localidade de Alto Sampaio, no município de Venâncio Aires (RS). Nesta cidade nasceram as filhas Brunilda Maria, em 10 de junho de 1939 (falecida em 24 de agosto de 2015, na sede distrital de Margarida, Marechal Cândido Rondon, e sepultada no cemitério local). E Nelsi Helena, em 12 de outubro de 1942.

Em 1945 ou 1946, Edgar Weber, esposa e filhas se mudaram para Horizontina, hoje município, mas na época pertencente à Santa Rosa, na região noroeste do Rio Grande do Sul. Estabeleceram-se no ramo da agricultura. Lá nasceram os filhos: Ruben, em 03 de setembro de 1949; Leo Zeno, em 12 de julho de 1951; Lauri, em 31 de janeiro de 1955; e Hélio, em 23 de dezembro de 1956.

Todos os filhos casaram em Marechal Cândido Rondon: Brunilda Maria (Nilde) com Érico Hegele; Ruben com Selia Matthes; Léo Zeno com Isoldi Goettert; Lauri com Nedir Ireni Koch (falecida) e depois com Rosani Simsen; e Helio com Siglinda Sackmann. Nelsi Helena casou-se com Rudi Fischer (divorciada dele), em Venâncio Aires.

Em 29 de agosto de 1958, Edgar Weber e família saíram de mudança de Horizontina para o Paraná. Após uma semana de viagem chegaram à localidade de Bom Princípio, no município de Toledo, com ideia de ali estabelecer uma casa de comércio. A mudança veio no caminhão de propriedade de um senhor Butke, um Ford F-8.

Com a mudança descarregada em Bom Princípio e com o objetivo de agilizar a atividade econômica da família, Edgar Weber veio à vila de General Rondon. Ali se encontrou, casualmente, com o corretor de imóveis Alfredo Wanderer, que o aconselhou a construir uma serraria no distrito de Iguiporã, próxima à vila, numa chácara.

Negócio fechado e 14 dias após alojar a mudança em Bom Princípio, a família mudou-se para a vila de Iguiporã, indo morar numa das muitas moradias edificadas¹ na localidade pela colonizadora Maripá, até instalar a serraria e a residência na chácara ao lado do riacho Piacuê, lado direito da rodovia Iguiporã a Bom Jardim. Edgar Weber construiu a serraria e residência num único telhado.
 

¹ As moradias podiam ser usadas pelas famílias que vinham de mudanças até conseguirem levantar a sua própria residência e demais instalações. O prazo era de cerca de um ano, no máximo.
 

Segundo o filho Ruben, a maior parte do equipamento para a serraria seu pai adquiriu  da empresa Schneider, Logemann & Cia. (SLC), de Horizontina.

Por volta de 1963/1964, Edgar Weber vendeu a madeireira para a família Klier, de Planalto d'Oeste, no município de Nova Santa Rosa, que a transferiu para a citada localidade.

Em 03 de setembro de 1964 Edgar Weber e família mudaram-se para suas terras próximas à vila de Bom Jardim, lado sul, onde dedicou-se à cultura de cereais e criação de suínos.

Nos anos de forte cultura de hortelã na região de Marechal Cândido Rondon, a família instalou um alambique para a extração do óleo de menta, em sua propriedade rural (VIANNA, Dirceu da Cruz (dcv). Bom Jardim perde um pioneiro. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, Frente Ampla de Notícias, vol. nº 34, cade. 01.02.1977 a 29.04.1977, ed. 29.04.1977, p. 519).  -- FOTOS 1, 2 3 e 4 --

 (Colaborou com mais informações Nelsi Weber Fischer). 

________________________________

1978 - Com o título "Um Eldorado a procura de seu destino", o jornal Gazeta Mercantil, da cidade São Paulo, publica um caderno especial de 10 páginas sobre o Oeste do Paraná.

O encarte aborda a " história da região; o banco e as indústrias comunitárias e as exportações da Sadia, de Toledo; a produção de queijos, aves e mandioca, de Marechal Cândido Rondon; e a força da agricultura e do cooperativismo, de Palotina; além de matérias de Cascavel (COSTA, Luiz Alberto Martins da. Calendário Histórico de Toledo – Cronologia de Fatos, Registros e Curiosidades da História do Município de Toledo. Toledo: GFM Gráfica e Editora, 2009. p.92)

_____________________________________

1987 - É assaltada a agência de Marechal Cândido Rondon, do Banco do Brasil. No assalto, os criminosos levam mais de 7 milhões cruzados¹ (GOMES, João MarcosPanorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol. 010, cad. mai e jun 1987, fls. 174).
 

¹ Moeda brasileira criada em 28 de fevereiro de 1986, com a insituição do Plano Cruzado (nota do pesquisador).

_________________________________

1988 - Com a presença do diretor da Carteira Agrícola do Banco do Brasil, Sebastião Rodrigues, é inaugurado o Posto Avançado da  Agência de Marechal Cândido Rondon, no distrito rondonense de Pato Bragado (WIEDMER, Ronaldo Luiz. Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol. 009, cad. março e abril de 1987, fls. 313 e 316).

_______________________________________

1988 - Visita a cidade de Marechal Cândido Rondon, o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), engenheiro-agronômo Osmar Dias, e participa da premiação dos agricultores rondonenses que mais se destacaram na conservação de solos. O evento aconteceu no Parque de Exposições da cidade  (WIEDMER, Ronaldo Luiz. Panorama. Marechal Cândido Rondon: Rádio Difusora do Paraná AM, vol. 009, cad. março e abril de 1987, fls. 316).

_______________________________________

1995 - Falece o pioneiro rondonense Kuniberto Theo Barbian, filho de Carolina e João Barbian Sobrinho. Era casado com Hilga Maria Kappel com formou família com os filhos Astor, Waldir, Hilbert, Leoni, Noiti, Vilimar, Lotário, Ingo, Rejane, Rogerio, Roseli, Claudete e Sandra. 

O pioneiro veio de mudança ao município de Marechal Cândido Rondon, para a localidade de Linha Guará, em 1954, na companhia da esposa e filhos, procedente de Santa Cruz do Sul. Rio Grande do Sul (nota do pesquisador). -- FOTO 13 --

Ver mais, clique aqui

_____________________________________

2007 - D. Odilo Scherer¹ toma posse como 7º Arcebispo Metropolitano de São Paulo, em solenidade da Catedral da Sé.
 

¹ É de família que migrou de Cerro Largo (RS) para a localidade de Dois Irmãos, no município de Toledo (nota do pesquisador).

_____________________________________

2016 - Falece o presidente da Câmara Municipal de Entre Rios do Oeste, vereador  Valdecir Bischoff. Ele estava internado desde a quarta-feira, quando tentou suícidio com uma pistola pneumática usada para abate de animais.  -- FOTO 14 -- 

_______________________________

2017 - Acontece em Mercedes a entrega Prêmio AquiAgora.net com homenagem a 63 personalidades. -- FOTO 15 --

_______________________________

2018 - O tenista rondonense Thiago Wild sagra-se campeão do Torneio Future, da cidade de São José do Rio Preto (SP) ao derrotar o argentino Camilo Ugo, por 2 sets a 0 (O Presente. Marechal Cândido Rondon: ed. 01.05.2018, p. 23). -- FOTO 16 --

_____________________________________

2018 - Acontece na Linha Itá, município de Quatro Pontes, a 13ª Festa do Cupim, promovida pela Associação de Moradores da Linha Itá. Ao total, forma assados 66 cupins, um total de 365 kg (nota do pesquisador). -- FOTO 17 --

_____________________________________

2019 - O Boletim Informativo do Sistema Faep relata que a agricultura do Oeste Paraná, principalmente os produtores de milho, começam a ter problemas com a estria bacteriana, doença causada pela bactéria Xanthomonas vasícola p. vasculorum, identificada oficialmente no Paraná em 2018 (Boletim Informativo FAEP. Curitiba: ano XXXIV, caderno nº 1472, de 29/04/2019 a 05/05/2019, p. 24). -- FOTO 18 --

_____________________________________

2019 - Em virtude do pedido de licença de 30 dias,  formulado pelo vereador Arion Nasighil, a partir do dia 24 de abril, assume a vaga na Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon, a suplente Maria Amália Haab (O Presente> Marechal Cândido Rondon: ed. 26.04.2019, p. 10). 

_____________________________________

2020 - O músico rondonense Dirceu (Negrão) Pedralli e sua Banda Sistema Antigo grava um vídeo se reportando a pandemia do novo coranavírus (COVID) com uma mensagem para superação do isolamento social recomendado. 

Logo o audiovisual ganhou as redes sociais e conquista grande repercussão junto ao público, com milhares de visualizações. -- FOTO 19 --

Ver vídeo, clique aqui

_____________________________________

2021 - A quinta-feira se encerra com a elevação da temperatura no período matutino, em comparação aos dias anteriores em que mínima oscilou entre 12 e 13 graus, na cidade de Marechal Cândido Rondon, com ventos do quadrante Sul.  Um dia sem presença de qualquer nebulosidade (nota do pesquisador). -- FOTOS 20 e 21--

_____________________________________

Compartilhe

COMENTÁRIOS

Memória Rondonense © Copyright 2015 - Todos os direitos reservados